Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

domingo, 30 de setembro de 2012

Merval Pereira e a maldição das cidades que recebem royalties


Oportunidade Perdida

A “maldição do petróleo”, fenômeno registrado nas principais economias produtoras do mundo, já está presente nas cidades brasileiras mais beneficiadas pelos royalties e pelas participações especiais. A Macroplan, empresa de consultoria especializada em estratégia e cenários de longo prazo, concluiu uma pesquisa focada na qualidade da gestão das 25 cidades que recebem 70% daqueles recursos.

Ao longo de uma década, 2000-2010, as cidades do chamado “arco do petróleo” no Sudeste (16 do Estado do Rio, cinco do Espírito Santo e quatro de São Paulo), receberam entre um total de R$ 27 bilhões.

O estudo ressalta que, ao mesmo tempo que os municípios vivem o seu melhor momento econômico, com aumento considerável do Produto Interno Bruto (PIB), quase todos não experimentam melhorias significativas nos principais indicadores sociais. O PIB, em 18 das 25 das cidades estudadas, cresceu mais do que o Produto de seus respectivos estados, mas a qualidade de vida dos seus habitantes não acompanhou esse crescimento.

Outra conclusão mais geral dos analistas da Macroplan foi o vigoroso crescimento demográfico com a consequente, e até esperada, pressão por acesso a serviços públicos — principalmente saneamento, saúde e educação —, que veio turvar o caminho do desenvolvimento com efeitos colaterais perversos — a deterioração urbanística, o aumento no número de trabalhadores informais, a má distribuição de renda, entre outros.

A vasta maioria dos municípios — cerca de 88% deles — registrou crescimento demográfico superior ao de seus estados e, em quase a metade das cidades pesquisadas, houve aumento no número de pessoas vivendo em habitações subnormais, entre 2000 e 2010, sendo que nove delas tiveram um crescimento maior que 100% nesse indicador.

A face mais cruel do empobrecimento da população se exibe no crescimento dos indicadores de (in)segurança: 13 das 25 cidades têm taxas de homicídio acima das respectivas médias estaduais, sendo que quatro delas figuram entre as cem mais violentas do país (Búzios, Cabo Frio, Linhares e Paraty).

No terreno da educação, apesar do desempenho no país ter melhorado, de acordo com o Índice da Educação Básica (Ideb) deste ano, os esforços para avançar nos municípios pesquisados pela Macroplan conseguiram produzir apenas pequenas mudanças nos anos iniciais do ensino fundamental.

Alguns chegaram a registrar queda do Ideb na década estudada, entre eles, São João da Barra, Silva Jardim e Cachoeiras de Macacu — todos no Estado do Rio. E a taxa de analfabetismo entre pessoas com mais de 15 anos, medida pelo Censo de 2010, mostrou, em 20 das 25 cidades, patamar mais elevado que o de seus respectivos estados.

Mas o que é feito, afinal, com o dinheiro do petróleo? O grande problema dessas cidades, na conclusão do estudo, reside na baixa qualidade da gestão. “Nenhuma cidade elaborou e seguiu planos de longo prazo, traduzidos em projetos estruturantes, para o emprego dos royalties e muito menos para a eventualidade de flutuações cíclicas ou declínio permanente, nem modelos de gestão inovadores”, observou o diretor da consultoria e um dos coordenadores do estudo, Glaucio Neves.

Semelhança verificada nas cidades que passaram a contar com esses recursos é o aumento do peso da máquina pública. No conjunto dos 25 municípios, houve incremento de 74% no emprego na administração pública, mais do dobro da média brasileira. Entre 2003 e 2010, as despesas de pessoal e as demais de custeio do conjunto dos municípios analisados dobraram, em termos reais, enquanto os investimentos só cresceram 24%. Apesar do aumento do número de empregos públicos formais, a taxa de desemprego é elevada nessas cidades: 64% delas apresentaram, em 2010, taxa de desemprego maior do que a média brasileira.

Em 2010, em 17 dos 25 municípios, o percentual de pessoas na condição de pobreza extrema era mais alto do que a média dos estados: 41 mil pessoas apresentavam renda inferior a R$ 70, e quase 200 mil, renda inferior a R$ 127 mensais. E, como mostra a pesquisa, para erradicar a pobreza extrema nessas cidades no ano de 2010 seria necessário menos de 1% do volume anual de royalties e participação especial transferido para esses municípios.

FONTE: Jornal O Globo de 29/09/2012 p. 2

Comentário

Merval esqueceu apenas de mencionar os pilantras que enriqueceram com isso tudo.

Carreata da vitória da oposição de Búzios - Dr. André - parte 1



Filmei toda carreata no Cruzeiro da Rasa. Foram 45 minutos de gravação com carros passando ininterruptamente. Considerando que passavam 18 carros, em média, por minuto, calculo que a carreata contou com, aproximadamente, 810 carros. Mais importante que o número de carros presentes foi ver a alegria estampada no rosto, a fé na vitória com o V feito com os dedos e a perda do medo de mostrar a cara. Saí da manifestação com a certeza de que a ditadura do reizinho de Búzios está próxima do fim!


Comentário:

  1. Caro Sr.Luiz Carlos Gomes,vendo a sua postagem sobre a carreata, observando o filme da para ver, que tem um número considerado de carros, mas 810, carros é um numero muito grande, se não vejamos, em média cada carro tem quatro metros de comprimento, multiplicando o número de carros por quatro, teríamos uma distancia de tres mil duzentos e quarenta metros, dando um intervalo de dois metros de distancia de um carro para o outro, chagaríamos a uma distancia de seis mil quatrocentos e oitenta metros, ou seja seis kilometros e quatrocentos e oitenta metros, convenhamos são muitos carros para uma carreata, nem no Rio de Janeiro, se tem uma carreata com tantos carros, faz por menos Sr Luiz Carlos, sei que o Sr. está a poiando o candidato do PSC, mas o candidato EVANDRO, continua sendo a melhor opção para o Município de Búzios é ficha limpa. Abraços. JERÔNIMO RODRIGUES, também conhecido por muitos como DR. JERÔNIMO.

    Meu comentário:

    Já disseram que eu era Chiquinho. Depois, Evandro, João Carrilho e, agora Dr. André. Atualmente, o pessoal do Evandro está espalhando que eu estou na folha de pagamento do Carlos Terra. Sabe como é: vocês projetam nos outros aquilo que vocês são. Vocês não admitem que alguém possa ter ideologia. Nós entendemos essas intrigas porque sabemos que a política em Búzios é pornográfica, como dizia o grande Tito Rosemberg.  Na verdade, não sou nenhum deles. Tenho sérias críticas a todos eles. Na verdade "verdadeira", sou anti-Mirinho, que considero o grande inimigo dos trabalhadores de Búzios. É importantíssimo para o desenvolvimento político das camadas populares da cidade  que o atual prefeito seja derrotado em 7 de outubro. E não me importa quem vai entrar em seu lugar, poderia até ser o seu candidato Evandro. Sabe porque Evandro despencou nas pesquisas? Por que cometeu a burrice de  colocar em seu palanque como vice um cara odiado pelo povo pobre da cidade.

A publicação da pesquisa incomodou muita gente


Recebi em meu Facebook esta mensagem:

 Beth Prata Prata


"Luiz se não me engano seu blog esta denunciado ao TRE. esta pesquisa foi denunciada ao TRE e não poderia ser publicada. Confirme ai pra vc n ser processado. Parece que tem um pedido de suspensão dela. Não tenho certeza mas acabei de saber que o face bloqueou o acesso ao seu link. Se informe e confirme, não sei da veracidade desta informação, mas confirme."

Tem gente que se presta pra cada coisa!

Bloquearam meu Facebook como se a postagem contivesse malware e phishing. Realmente, a pesquisa representa o malware e phishing que é o governo Mirinho.  Mas não tem jeito: o post já está se tornando um dos mais lidos de meu blog. 

Alerta de segurança
The link you are trying to visit has been classified as potentially abusive by a Facebook partner. Para saber mais sobre como permanecer seguro na internet, visite a página de Segurança do Facebook. Consulte também os artigos da Wikipédia sobre malware e phishing.
To stay safe outside Facebook, get the free McAfee SiteAdvisor plug-in
Protection provided in collaboration with McAfee SiteAdvisor. Saiba mais


A pesquisa que o governo de Búzios censurou no PH - parte 1

A pesquisa RJ-00131/2012, registrada no TSE, foi censurada pelo governo Mirinho por uma série de motivos que vamos alinhavar aqui. Em primeiro lugar, a margem de erro de 6% é uma margem muito alta. No Rio, o IBOPE trabalha com margem de 3%. Neste caso, uma diferença de intenção de voto de 7% (3 pra cima e 3 pra baixo) mostra claramente quem está em primeiro. Quando se usa uma margem de erro alta como em Búzios, é preciso que se consiga uma diferença de mais de 13% (6 pra cima, 6 pra baixo) pra ficar claro quem está realmente em primeiro lugar. A medida que formos postando partes da pesquisa- que pretendemos publicar na íntegra-, iremos fazendo comentários. 


O principal motivo pro governo Mirinho censurar a pesquisa no PH foi a pequena diferença de 10 pontos apontadas na pesquisa espontânea. Não foi a toa que no comício em São José ele mentiu descaradamente que a pesquisa dava 46 a 24 pra ele. Mas é bem possível que o resultado seja ainda pior pro governo, com  Dr. André podendo ter obtido 34% de intenção de voto. Basta que se some os 28% que a pesquisa lhe dá com os 6% da margem de erro. No pior cenário pra Mirinho é possível que ele esteja na verdade com 32% (38 menos 6%). Ou seja, um resultado muito provável, 34% a 32% pra Dr. André. Quem analisa pesquisas eleitorais sabe que a manipulação dos resultados dentro da margem de erro, de acordo com os interesses do pagador, é possível, e muito comum em eleições. E esta pesquisa foi encomendada e paga pelo PH, jornal de muito pouca credibilidade- fato atestado pelo próprio IBOPE. 

Um outro motivo pra Mirinho censurar a pesquisa é que este resultado acaba de vez com qualquer dúvida em relação ao segundo lugar. Em uma eleição plebiscitária como a nossa, essa definição é importantíssima. Foi por isso que o governo plantou pesquisas com erros grosseiros no jornal O Perú Molhado e que foram lidas com destaque pelo locutor Alexei no comício de São José.  Mas está claro que a candidatura de Evandro acabou ao despencar para 7%. Se ele não se juntar à oposição, a tendência é que obtenha 2 ou 3% dos votos no dia 7 de outubro. Corre o risco de não eleger nem o Nobre. Censurando a pesquisa, Mirinho pretende que os partidários de Evandro permaneçam na dúvida, para que eles, seguindo a maioria do eleitorado buziano, não se bandeiem para o lado do Dr. André, enterrando de vez seus sonhos de reeleição. 

Um outro motivo de preocupação para Mirinho é o alto número de pessoas que escolheram a opção "Não Sabem/Não Responderam". Faltando 11 dias para a eleição- observe-se que a pesquisa foi feita nos dias 24 e 25 de setembro- termos 22% de indecisos não é nada bom para o prefeito. Ainda mais porque sua rejeição é a mais alta (37%) entre todos os candidatos, e, pra prejudicá-lo ainda mais, a rejeição de Dr. André é a menor. Pode-se concluir que estes 22% se fossem votar em Mirinho já teriam optado por ele há muito tempo. Esta parcela do eleitorado é claramente oposicionista. Só não tinham escolhido o candidato ainda por causa da indefinição quanto ao segundo colocado. Esta indefinição- que muito interessa a Mirinho- vigorava até antes da realização desta pesquisa. Quase que com certeza estes eleitores vão fazer voto útil votando em quem tiver chances de derrotar Mirinho.  


 

Comentário:

  1. Excelente análise. Parabéns!! Como sempre. Estou out das páginas, mas ligada. Espero que o povo buziano tenha acesso a esta informação e não dê ouvidos a esta imprensa inominável de Búzios.

sábado, 29 de setembro de 2012

Cadê a pesquisa 131 do IBOPE?








O jornal chapa branca Primeira Hora pagou R$ 20.000,00 pela pesquisa do IBOPE e não publica, apesar dela estar liberada pra publicação desde ontem. O jornal atrasa e só sai a tarde, e nada de pesquisa. Tem coisas muito estranhas... A coluna Observatório do editor, onde ele espinafra a oposição, também não sai. Por que será? O único motivo plausível: a candidatura governista deve estar indo muito mal das pernas e a pesquisa flagrou isso. Tudo indica que uma das candidaturas da oposição já passou a candidatura do governo. Se essa hipótese for verdadeira, para o candidato governista ganhar, o terceiro colocado não poderá mais insistir em sua candidatura, como o governo pretendia. Agora, terá que desistir pra apoiá-lo. O feitiço virou contra o feiticeiro. 

Pesquisa eleitoral registrada de Cabo Frio 2

Segunda Pesquisa Oficial de Cabo Frio - RJ 2012PDFImprimirE-mail
Resultado

Da Pesquisa realizada em Cabo Frio -


RJ
Visando às eleições municipais de 2012 

Promídia Pesquisa informa:

Em cumprimento ao que dispõe o art. 33º e seus §§ 1º e 2º da Lei nº 9.504/97, assim como o art. 7º da Resolução TSE nº 23.364/2011, comunicamos, para ciência dos interessados, que a empresa PROMÍDIA PESQUISAS DE OPINIÃO PÚBLICA E MARKETING encaminhou à Justiça Eleitoral os dados referentes à pesquisa eleitoral das Eleições Municipais 2012. Pesquisa registrada sob o nº RJ-00121/2012.

Pesquisa realizada entre os dias 04 e 07 de Setembro de 2012. Foram entrevistados 361 eleitores. A margem de erro máxima estimada foi de 5,15 pontos percentuais para mais ou para menos, para um intervalo de confiança de 95%.

Depois de cumprir as normas estabelecidas pelo TSE a empresa então divulga o resultado para conhecimento público.


Desde 1° de janeiro, todas as pesquisas de opinião pública devem ser registradas até cinco dias antes da divulgação de cada resultado conforme Art.1º da lei 9.504/97 e resolução 23.364/2011.




Conclusão da Pesquisa

Espontânea

No questionário aplicado constava a seguinte pergunta:

Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria, para prefeito (a)?
pesquisa_espontana_de_cabo_frio_-_rj.png
Conclusão da Pesquisa

Estimulada


No questionário aplicado constava a seguinte pergunta:

Destas Chapas aqui, se a eleição fosse hoje, em qual delas você votaria?
pesquisa_estimulada_01_de_cabo_frio_-_rj_2809.png
pesq_estimulada_02_cabo_frio_-_rj_2001228.png

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Prefeito de Búzios confessa crime eleitoral na rádio Estação 104


Respondendo, ontem, a um ouvinte da rádio Estação 104, o prefeito de Búzios disse que "obra física" não pode fazer na Maria Joaquina, bairro que pertence ao município de Cabo Frio. Tem razão. Mas não sabe que também não pode "prestar serviço" em outro município, como recolher o lixo de "algumas ruas" do bairro.  Cabe à justiça eleitoral investigar que ruas são essas. Provavelmente as casas beneficiadas com o serviço são de moradores eleitores dele. Deve verificar também se não são ofertados outros serviços como limpa fossa e construção de cisternas. O prefeito é réu confesso.

Em 2002, o prefeito de Búzios alugou um imóvel no bairro- provavelmente de uma aliada política sua, como sempre faz- para instalar um módulo médico de família. Responde a processo por improbidade administrativa até hoje. Já lá se vão nove anos graças à morosidade suspeita do antigo juiz. Outra coisa é oferecer saúde e educação em Búzios para moradores da Maria Joaquina, setores em que o atendimento é universal por lei. Contam  com verba federal justamente pra isso. Já a limpeza pública dispõe de recursos exclusivamente municipais.

Um comentário:

  1. Recolhe lixo... oferece serviços.. hummm é isso mesmo...

Quer se reeleger pra quê, se nem bueiro sabe tampar!



Este bueiro está situado na parte nobre da cidade, no Aquém-Pórtico. Se a parte da cidade que se pode chamar de  Principado de Búzios é tratada desse jeito, imagina como é tratada a cidade além-pórtico. Quando passa pelo Pórtico- que separa a parte rica da parte pobre da cidade- o turista de qualidade é presenteado com um buraco capaz de danificar seu carrão importado. Melhor boas vindas não poderia ter. E o homem doente pelo poder ainda quer se reeleger!

Pesquisas pra dar e vender 3

Os próximos dias prometem fortes emoções eleitorais em Búzios. Temos pesquisas a serem liberadas nos dias 28/9 (IBOPE), 29/9 (Posicione)e 2/10 (Iguape e Ulrich).

Pesquisa Eleitoral - RJ-00175/2012
Parte superior do formulário
Parte superior do formulário
Dados da Pesquisa
Número do protocolo: RJ-00175/2012

Data de registro: 27/09/2012

Data de divulgação: 02/10/2012

Empresa contratada: Jose Marcos dos Santos M.E. (IGUAPE)

Eleição: Eleições Municipais 2012

Cargo(s): Prefeito Vereador

Abrangência: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ

Contratante: JOSÉ MARCOS DOS SANTOS ME

Origem dos recursos: JOSÉ MARCOS DOS SANTOS ME

Pagante do trabalho: JOSÉ MARCOS DOS SANTOS ME

Valor (R$): 6.000,00

Estatístico responsável: GONÇALO ALVES BEZERRA

Registro do estatístico no CONRE: 8326 CONRE 2

Registro da empresa no CONRE: 149 CONRE 2

Data de início: 27/09/12 Data de término: 27/09/12 Entrevistados: 720

Metodologia de pesquisa:
Pesquisa do tipo quantitativo, por amostragem, com aplicação de questionário estruturado e abordagem pessoal em pontos de fluxo populacional, com a aplicação de questionários estruturados e padronizados junto a uma amostra representativa da população a ser pesquisada.

Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:
Público pesquisado: eleitores residentes e domiciliados no Município de Petrópolis, com 16 anos ou mais. Tamanho da amostra: A amostra foi de 720 entrevistas. Tipo de amostra: amostra por quotas proporcionais às variáveis de sexo e idade do entrevistado, com base em dados do TSE(eleitorado agosto 2012)

Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:
Para a realização da pesquisa foi utilizada uma equipe de entrevistadores devidamente treinados para este trabalho. Após os trabalhos de campo, os questionários são submetidos a uma fiscalização de 20% (vinte por cento) dos questionários aplicados para verificação das respostas.

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa (conforme §6º. do art. 1º. da Resolução-TSE nº. 23.364/2011, o pedido de registro será complementado pela entrega destes dados ao Tribunal Eleitoral em um prazo de até 24 horas, contado da divulgação do respectivo resultado):
Após a conclusão do campo será divulgado a lista com a distribuição por bairro.

Questionário completo aplicado ou a ser aplicado (formato PDF): QUESTIONÁRIO BÚZIOS.pdf

Arquivo com detalhamento de bairros/municípios (formato PDF): Não há arquivo para detalhamento de bairros/municípios.
Parte inferior do formulário


Parte inferior do formulário

Pesquisa Eleitoral - RJ-00195/2012
Parte superior do formulário
Dados da Pesquisa
Número do protocolo: RJ-00195/2012

Data de registro: 27/09/2012

Data de divulgação: 02/10/2012

Empresa contratada: Ulrich Pesquisa e Marketing Ltda

Eleição: Eleições Municipais 2012

Cargo(s): Prefeito Vereador

Abrangência: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ

Contratante: Ulrich Pesquisa e Marketing Ltda

Origem dos recursos: Recursos próprios

Pagante do trabalho: Ulrich Pesquisa e Marketing Ltda

Valor (R$): 11.000,00

Estatístico responsável: Herich Ulrich

Registro do estatístico no CONRE: 5592-A

Registro da empresa no CONRE: Conre 2a Região número 125

Data de início: 28/09/12 Data de término: 29/09/12 Entrevistados: 500

Metodologia de pesquisa:
Pesquisa quantitativa, representativa do eleitorado buziano, realizada mediante entrevistas pessoais domiciliares (face to face) com uso de questionário estruturado.

Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:
Seleção da amostra em dois estágios, a saber: – Seleção dos setores censitários do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – Censo Demográfico de 2010) pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho, no caso pessoas com 16 anos ou mais de idade) usando salto sistemático; - Seleção das pessoas por quotas proporcionais: IDADE: 16 a 24 anos masculino (17%); 16 a 24 anos feminino (18%), 25 a 34 masculino (22%); 25 a 34 anos feminino (24%); 35 a 44 masculino (22%), 35 a 44 feminino (22%); 45 a 59 masculino (27%); 45 a 59 anos feminino (25%); 60 anos e mais masculino (12%); 60 anos e mais feminino (10%); INSTRUÇÃO: Fundamental Masculino (50%); Fundamental Feminino (42%); Médio Masculino (36%); Médio Feminino (41%); Superior Masculino (14%) Superior Feminino (17%); NÍVEL ECONÔMICO: Economicamente Ativo Masculino (86%), Economicamente Ativo Feminino (61%); Não Economicamente Ativo Masculino (14%), Não Economicamente Ativo Feminino (39%). Cada questionário tem fator previsto de ponderação igual a 1 (resultados obtidos no campo). Para um intervalo de confiança de 95%, a margem máxima de erro é de 4,4 pontos percentuais para mais ou menos, fazendo uma aproximação ao modelo estatístico de H. Arkin e R. Colton.

Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:
A pesquisa foi realizada por entrevistadores e supervisores contratados pela UP – Ulrich Pesquisa e Marketing LTDA., treinados para este tipo de trabalho. Os trabalhos de campo, os questionários foram submetidos a uma fiscalização de 15% (quinze por cento) in loco e/ou por telefone. Todas entrevistas tiveram verificação de consistência quanto aos dados e a amostra, sendo digitadas e conferidas.

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa (conforme §6º. do art. 1º. da Resolução-TSE nº. 23.364/2011, o pedido de registro será complementado pela entrega destes dados ao Tribunal Eleitoral em um prazo de até 24 horas, contado da divulgação do respectivo resultado):


Questionário completo aplicado ou a ser aplicado (formato PDF): Armacao dos Buzios Setembro Material de Campo.pdf

Arquivo com detalhamento de bairros/municípios (formato PDF): Armacao dos Buzios Setembro Areas Pesquisadas.pdf
Parte inferior do formulário
 

Pesquisa Eleitoral Registrada 6



Visitei o site da empresa VISÃO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E MARKETING responsável pela pesquisa, feita em Búzios, e registrada no TSE sob o número RJ 00107/2012. Ela fez uma dezena de pesquisas em pequenos municípios de Minas Gerais. No Rio, além de Búzios, trabalhou em Conceição de Macabu e São Pedro da Aldeia. 

Liguei para o número que consta no site e me atendeu uma senhora de nome Rose. Pedi a ela que me esclarecesse supostos erros que encontrei na pesquisa de Búzios. Disse-me que iria procurar o funcionário responsável pelo setor e que ligasse mais tarde. Já se passaram mais de três dias e, apesar de minha insistência, a senhora Rose nunca mais atendeu meus telefonemas. 

Suponho que a empresa deva ser de fundo de quintal pois enviei alguns emails e também não obtive respostas. Portanto, não acredito que a pesquisa RJ-00107/2012, registrada no TSE, corresponda à realidade eleitoral de Búzios. Uma pesquisa que contenha erros primários como apontar um candidato (João Carrilho) com mais intenção de voto na pesquisa espontânea (19%) do que na estimulada (8,5%) não pode ser levada em consideração. Além disso, uma pesquisa com 316 entrevistados deveria ter como margem de erro 5,6%, como na pesquisa da Promídia, e não 4,95%. Outro erro: Carrilho que tinha desistido no dia 12 não era para constar mais em uma pesquisa feita do dia 16.

Acredito que o TSE tem que fazer um pente fino nessas pesquisas. Um amigo meu que trabalha com pesquisas me disse que alguns institutos que manipulam pesquisas arranjam algumas empresas laranjas para "confirmarem" seus resultados.    

Ilegal, e daí? Se é nosso eleitor, pode!



Como pode o prefeito-candidato-a-reeleição chancelar isso.

A construção não tem placa de obra. A casinha está sendo construída completamente fora dos padrões urbanísticos da área.

Endereço: quase em frente à escola Ciléia Barreto, no Cruzeiro, Rasa, descendo em direção ao bairro Arpoador.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

A impensável união (da farinha do mesmo saco) Toninho Braga e Mirinho Branco 3


Pelo legítimo direito de trair!



Vocês que, por falta de políticas públicas de trabalho,  passaram quatro anos no cabresto de nosso ditadorzinho de plantão.

Vocês que, pela perseguição institucionalizada, passaram quatro anos sob o domínio do medo.

Vocês que não participaram, mas viram, ao longo desses quatro anos, os mal feitos perpetrados por membros da administração municipal, e nada fizeram com medo de perder o emprego.

Vocês que passaram quatro anos vendo nossos recursos públicos serem mal geridos e/ou dilapidados e ficaram calados com medo de represálias. 

Vocês que foram usados durante quatro anos como um exército eleitoral para o projeto de perpetuação no poder daquele que se acha o reizinho da cidade.

Vocês, todos vocês, têm o legítimo direito de, no dia 7 de outubro, na solidão sacrossanta da cabine eleitoral, trair os traidores do povo buziano. Como na história do ladrão que rouba ladrão, vocês terão 100 anos de perdão.  
    

O que é isso companheiro Dr. José Joaquim?

Com a desistência de João Carrilho de concorrer à prefeitura de Búzios, passando a apoiar Dr. André, seu vice, Dr. José Joaquim, trai seu grupo político e passa a apoiar a reeleição do atual prefeito. Qualquer pessoa pode mudar de posicionamento político, mas nunca tão rapidamente e sem mediação alguma. Coisa muito comum nestas plagas buzianas onde a política tem alto conteúdo pornográfico. Com certeza algo inexplicável aconteceu. Ou aquelas coisas que todos sabem! Ainda mais para quem pronunciou as palavras abaixo a tão pouco tempo. Seria mais razoável- se o vice não concordasse com a opção feita por Carrilho e seu grupo- que passasse a apoiar o também candidato da oposição, Evandro, ou se afastasse do atual processo eleitoral. O grande problema para um médico e, também  político, é que ambas as carreiras precisam de muita credibilidade. Arranhando-a em uma, inevitavelmente a da outra também é afetada!

Fotos do Facebook  de edmilson.souza

Comentários:

  1. O que será que mudou no Dr. Joaquim de 1 mês e meio atrás e o que deu a entrevista ao Perú semana passada? Será que o 1º foi abduzido por extra-terrestres? Ou será que a cidade de Búzios melhorou muito em 1 mês e meio? Nossa, não dá pra confiar em ninguém na nossa querida Armação.

Paulo Lobo impugnado


TRE-RJ julga prefeitos e nega registro de Vianna e Charlinho

"O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro manteve o indeferimento, na sessão desta terça-feira, dia 25, dos candidatos a prefeito Paulo Roberto Ramos Lobo (PP), de São Pedro da Aldeia; Arnaldo França Vianna (PDT), de Campos dos Goytacazes; e Andreia Cristina Marcello Busatto, a Andreia do Charlinho (PDT), de Mangaratiba. Nos dois primeiros casos, o TRE-RJ negou o registro devido à rejeição de suas contas públicas quando ocupavam a chefia do Executivo municipal. As contas do Paulo Lobo foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e pela Câmara Municipal, já as de Arnaldo Vianna, pelo Tribunal de Contas da União.


Quanto à candidata Andreia do Charlinho, a Corte eleitoral fluminense manteve o indeferimento com base na decisão colegiada do próprio TRE-RJ que a havia condenado por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação referente às eleições de 2010. Ela obtera uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral que a manteve na disputa, mas essa decisão foi revogada pelo ministro Gilson Dipp, no dia 30 de agosto.



Reformando a decisão de primeira instância, os membros da Corte, por unanimidade, deram provimento ao recurso da Coligação “Bom Jesus no Rumo Certo”, formada pelo PMDB, PSC, PPS, PMN, PSB, PRP e PCdoB, para indeferir o registro do candidato a prefeito de Bom Jesus de Itabapoana, Paulo Sergio do Canto Cyrillo (PR). Uma decisão colegiada do TRE-RJ, publicada em março de 2008, serviu como fundamento para indeferir o registro do candidato com base na Lei da Ficha Limpa, aplicada pela primeira vez nas eleições municipais deste ano."


"blog do Professor Chicão" nos informa que o resultado foi 6 a 0. Ainda cabe recurso, mas parece que Paulo Lobo vai desistir e lançar sua mulher como candidata.

Recebi por email:

Já era previsto e de fato aconteceu. O Sr. Paulo Lobo levou até onde pode sua candidatura. Foi só o TSE anunciar que os candidatos com recursos indeferidos não irão ser diplomados que o Sr. Paulo Lobo anunciou sua substituição: será a Sra. sua esposa Elisangela Lobo. Eleitor fique atento e não se deixe enganar. "E VIVA ESTA DEMOCRACIA".  (Lúcio Moura

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Hoje tem julgamento do recurso de Paulo Lobo no TRE
















É o penúltimo julgamento do dia. Deve terminar lá pelas 19:00 horas.  


(111) Recurso Eleitoral Nº 262-
13.2012.6.19.0059
SÃO PEDRO DA ALDEIA -
RJ
Juiz de Direito Carlos
Eduardo Carvalho de
Figueiredo
RECORRENTE : CARLOS ROBERTO MARTINS
ADVOGADO : Carlos Magno Soares de Carvalho
ADVOGADO : David Augusto Cardoso de Figueiredo
RECORRENTE : PAULO ROBERTO RAMOS LOBO (PAULO LOBO)
ADVOGADO : Sergio Luiz Costa Azevedo Filho
ADVOGADO : Frederico Ricardo de Sousa Oliveira da Costa
ADVOGADO : Raphael Trindade Wittitz
ADVOGADO : Eduardo Damian Duarte
RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
RECORRIDO : CARLOS ROBERTO MARTINS
ADVOGADO : Carlos Magno Soares de Carvalho
ADVOGADO : David Augusto Cardoso de Figueiredo
RECORRIDO : PAULO ROBERTO RAMOS LOBO (PAULO LOBO)
ADVOGADO : Sergio Luiz Costa Azevedo Filho
ADVOGADO : Frederico Ricardo de Sousa Oliveira da Costa
ADVOGADO : Raphael Trindade Wittitz
ADVOGADO : Eduardo Damian Duarte
RECORRIDO : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
REGISTRO DE CANDIDATURA - RRC - CANDIDATO - IMPUGNAÇÃO AO REGISTRO DE CANDIDATURA -
CARGO - PREFEITO - INELEGIBILIDADE - REJEIÇÃO DE CONTAS PÚBLICAS - ELEIÇÕES - ELEIÇÃO
MAJORITÁRIA - 2012 - PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS

Fonte: TRE-RJ

Vamos fiscalizar as campanhas eleitorais em nossa cidade!


"Balanço do Disque-Denúncia Eleitoral mostra apoio da população

Em funcionamento desde maio, o Disque-Denúncia Eleitoral recebeu até hoje 17.368 ligações de todo o Estado. O número comprova a consolidação da parceria entre o poder público e a sociedade na fiscalização das irregularidades nas campanhas eleitorais. 

As denúncias podem ser feitas através do telefone (21) 2524-0404, que também aceita ligações a cobrar de celulares, ou pela internet, no Clique-Denúncia, no site do Tribunal (www.tre-rj.jus.br), e pelo endereço eletrônico denunciapropaganda@tre-rj.jus.br. Em todos os casos, o cidadão não precisa se identificar.

O serviço do Disque-Denúncia Eleitoral funciona entre 11h e 19h, de segunda a sexta-feira e de 13h as 19h aos sábados, domingos e feriados."



Em Búzios: 2623-1154
                    2623-1286

http://www.tre-rj.gov.br/site_novo/noticias/jsp/noticia.jsp?id=86642&sessao=0.6605244564220077

Observação: anotem agora os números e ande sempre com eles. A democracia agradece! 

Imprensa buziana 7

Analisando pesquisas eleitorais em Búzios encontrei, em uma pesquisa do IBOPE feita em 16/07/2012, informações sobre hábitos de leitura dos moradores de Búzios e o que os levam a escolher este ou aquele jornal. Vejam:


Reparem que o principal motivo de escolha do PH ou do OPM não é a sua credibilidade mas a facilidade de acesso (36%,44%, respectivamente) e a variedade de assuntos tratados (31, 27%). A credibilidade, baixa em ambos, é o terceiro motivo. A imparcialidade é um dos últimos motivos. A população buziana sabe muito bem a imprensa que tem. É por isso que cada vez mais recorre aos blogs para obter informação com mais imparcialidade e credibilidade. 

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Pesquisa eleitoral registrada de Armação dos Búzios 5


Pesquisa Eleitoral - RJ-00107/2012

Dados da pesquisa:
RJ-00107/2012 


19/09/2012

24/09/2012

VISÃO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E MARKETING

Eleições Municipais 2012



ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ

PEDRO ERNESTO DUARTE COUTINHO – CPF: 383.742.427-87

RECURSOS PRÓPRIOS

PEDRO ERNESTO DUARTE COUTINHO – CPF: 383.742.427-87

15.600,00

AUGUSTO DA SILVA ROCHA

7655



16/09/12 17/09/12 316




Pesquisas pra dar e vender 2


3) Pesquisa Eleitoral - RJ-00141/2012


Dados da Pesquisa
RJ-00141/2012 




24/09/2012 



29/09/2012 



Posicione Pesquisa de Mercado Ltda Me 



Eleições Municipais 2012 






ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ 



POSICIONE PESQUISA DE MERCADO LTDA CNPJ:09412335/0001-91 



POSICIONE PESQUISA DE MERCADO LTDA CNPJ:09412335/0001-91 



POSICIONE PESQUISA DE MERCADO LTDA CNPJ:09412335/0001-91 



8.000,00 



JOEL CARLOS RODRIGUES OCTAVIANO 



435 



121 



28/09/12 30/09/12 474 



Metodologia de pesquisa:

Pesquisa quantitativa, que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo. 


Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Representativa do eleitorado da área em estudo, elaborada em dois estágios. No primeiro estágio fez-se um sorteio probabilístico das regiões onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o eleitorado como base para tal seleção. No segundo e último estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes foram selecionados através de quotas amostrais, proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: Sexo, Idade e Grau de instrução, de acordo com o perfil do eleitorado. SEXO: Masculino(50%)/x Feminino(50%) IDADE: 16-24(17%)/25-34(25%)/35-49(31%)/+50(27%) NÍVEL DE INSTRUÇÃO: Analfabeto/Até a 4ª série (21%)/5ª a 8ª série (46%)/Ensino Médio/Superior (33%) O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples (AAS), é de 4,5 (quatro e meio) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. 


Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:

Para a realização da pesquisa, a POSICIONE PESQUISA DE MERCADO LTDA ME utiliza uma equipe de entrevistadores e supervisores próprios, devidamente treinados para o trabalho. Após os trabalhos de campo, os questionários foram submetidos a uma fiscalização de 20% (vinte por cento) dos questionários aplicados pelos entrevistadores, para verificação das respostas e da adequação dos entrevistas aos parâmetros amostrais desejados. 


Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa (conforme §6º. do art. 1º. da Resolução-TSE nº. 23.364/2011, o pedido de registro será complementado pela entrega destes dados ao Tribunal Eleitoral em um prazo de até 24 horas, contado da divulgação do respectivo resultado): 




Questionário BÚZIOS.pdf



Não há arquivo para detalhamento de bairros/municípios. 

Pesquisas pra dar e vender 1

Pelo andar da carruagem só saberemos quem realmente está em segundo lugar na véspera das eleições, dia 6 de outubro, quando os institutos de pesquisa deixam de manipular as margens de erro e dão o resultado mais próximo da realidade. Afinal, quando o instituto é sério, ele tem um nome a zelar.  Jogar a credibilidade do instituto no lixo só se for com muito dinheiro, né?

Nesta semana temos duas pesquisas saindo do forno mas, ao que tudo indica, parece que elas não vão resolver, de uma vez por todas, o grande enigma da oposição de Búzios: quem está em segundo lugar? A decisão ficará a cargo da opção política de cada um e a união da oposição se encaminha a passos largos para as cucuias, para imenso deleite do incompetente prefeitinho-atrasadinho atual. A burra oposição de Búzios vai presenteá-lo com mais quatro aninhos pra ele afundar de vez Armação dos Búzios no brejo! 

A propósito, o contratante JPH todo mundo sabe quem é. Mas quem é esse Pedro Ernesto, contratante da segunda pesquisa? 

1) Pesquisa Eleitoral - RJ-00131/2012
Parte superior do formulário
Dados da Pesquisa

Número do protocolo: RJ-00131/2012

Data de registro: 23/09/2012

Data de divulgação: 28/09/2012

Empresa contratada: IBOPE INTELIGÊNCIA PESQUISA E CONSULTORIA LTDA. 

Eleição: Eleições Municipais 2012 

Cargo(s): Prefeito Vereador 

Abrangência: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ 

Contratante: JPH EMPRESA JORNALÍSTICA LTDA. Av. José Bento Ribeiro Dantas, Nº 2110, loja 02 – Manguinhos CEP: 28.950-000 – Armação de Búzios /RJ. - CNPJ/MF 06.174.968/ 0001-10 

Origem dos recursos: JPH EMPRESA JORNALÍSTICA LTDA. Av. José Bento Ribeiro Dantas, Nº 2110, loja 02 – Manguinhos CEP: 28.950-000 – Armação de Búzios /RJ. - CNPJ/MF 06.174.968/ 0001-10 

Pagante do trabalho: JPH EMPRESA JORNALÍSTICA LTDA. Av. José Bento Ribeiro Dantas, Nº 2110, loja 02 – Manguinhos CEP: 28.950-000 – Armação de Búzios /RJ. - CNPJ/MF 06.174.968/ 0001-10

Valor (R$): 20.000,00 

Estatístico responsável: Márcia Cavallari Nunes

Registro do estatístico no CONRE: 6208-A

Registro da empresa no CONRE: 4375-94 

Data de início: 23/09/12 Data de término: 28/09/12 Entrevistados: 301 

Metodologia de pesquisa:

Pesquisa quantitativa, que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo. 


Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Representativa do eleitorado da área em estudo, elaborada em dois estágios. No primeiro estágio faz-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o eleitorado como base para tal seleção. No segundo e último estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes são selecionados através de quotas amostrais proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: IDADE: 16-24 (masculino) 17% (feminino) 18%; 25-29 (masculino) 11% (feminino) 13%; 30-39 (masculino) 24% (feminino) 24%; 40-49 (masculino) 21% (feminino) 20%; 50 e+ (masculino) 26% (feminino) 25%; INSTRUÇÃO: Até Ensino Médio (masculino) 86% (feminino) 84%; Ensino Superior (masculino) 14% (feminino) 16%; NÍVEL ECONÔMICO: Economicamente ativo (masculino) 79% (feminino) 57%; Não Economicamente ativo (masculino) 21% (feminino) 43%. Está prevista eventual ponderação para correção das variáveis sexo e idade, com base nos percentuais anteriormente mencionados, caso ocorram diferenças superiores a 3 pontos percentuais entre o previsto na amostra e a coleta de dados realizada. Para as variáveis de grau de instrução e nível econômico do entrevistado, o fator previsto para ponderação é 1 (resultados obtidos em campo). O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 6 (seis) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. FONTE DOS DADOS: Censo 2010 | TSE 2012 

Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:

Para a realização da pesquisa, utiliza-se uma equipe de entrevistadores e supervisores contratados pelo IBOPE INTELIGÊNCIA E CONSULTORIA LTDA. devidamente treinados para o trabalho. Após os trabalhos de campo, os questionários são submetidos a uma fiscalização de 20% (vinte por cento) dos questionários aplicados pelos entrevistadores; para verificação das respostas e da adequação dos entrevistadores aos parâmetros amostrais. 

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa (conforme §6º. do art. 1º. da Resolução-TSE nº. 23.364/2011, o pedido de registro será complementado pela entrega destes dados ao Tribunal Eleitoral em um prazo de até 24 horas, contado da divulgação do respectivo resultado): 

A área de abrangência da coleta é formada pelo município ora informado. A relação dos bairros selecionados para aplicação da amostra será apresentada após a divulgação do resultado da pesquisa, conforme expresso no artigo 1º, § 6º da Resolução 23.364/2011 do TSE. 

Questionário completo aplicado ou a ser aplicado (formato PDF): JOB 12_1334-3_ARMAÇÃO DE BÚZIOS_Materiais de campo.pdf

2) Pesquisa Eleitoral - RJ-00107/2012
Parte superior do formulário
Dados da Pesquisa
Número do protocolo: RJ-00107/2012 

Data de registro: 19/09/2012

Data de divulgação: 24/09/2012

Empresa contratada: VISÃO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E MARKETING 

Eleição: Eleições Municipais 2012

Cargo(s): Prefeito Vereador 

Abrangência: ARMAÇÃO DOS BÚZIOS/RJ

Contratante: PEDRO ERNESTO DUARTE COUTINHO – CPF: 383.742.427-87

Origem dos recursos: RECURSOS PRÓPRIOS

Pagante do trabalho: PEDRO ERNESTO DUARTE COUTINHO – CPF: 383.742.427-87

Valor (R$): 15.600,00 

Estatístico responsável: AUGUSTO DA SILVA ROCHA

Registro do estatístico no CONRE: 7655 

Registro da empresa no CONRE:

Data de início: 16/09/12 Data de término: 17/09/12 Entrevistados: 316

Metodologia de pesquisa:

A abordagem utilizada consiste na aplicação de uma amostragem aleatória representativa da população residente em Armação dos Búzios, com 16 anos ou mais de idade. A amostra é selecionada em dois estágios, sendo que no primeiro faz-se uma divisão da amostra proporcionalmente ao número de habitantes acima de 16 anos de idade dentro de cada área geográfica intra-municipal. No segundo estágio, para cada área geográfica, os respondentes são selecionados respeitando-se quotas proporcionais controladas por região geográfica, sexo e faixa etária, de acordo com o perfil da população em estudo. 


Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro:

Ponderação sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; Sexo; Masculino 49,6%, Feminino 50,4%; Idade 16 a 17 anos 4,43%, 18 a 24 anos 15,18%, 25 a 29 anos 11,39%, 30 a 39 anos 24,05%, 40 a 49 anos 19,62%, 50 anos ou mais 25,33%; Renda familiar e escolaridade, levantados na própria pesquisa. Para um intervalo de confiança de 95% e um tamanho de amostra 316 entrevistas, a margem de erro máxima estimada foi 4,95 pontos percentuais, para mais ou para menos. 


Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:

Entrevistas pessoais e individuais feita em domicílios residenciais com utilização de questionário elaborado de acordo com o objetivo da pesquisa. O trabalho é acompanhado por um supervisor e a checagem de campo é de 10% das amostras. A digitação e análise dos dados são feitas pelo responsável técnico da empresa. Todos os questionários são filtrados e checados antes de serem digitados. 

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa (conforme §6º. do art. 1º. da Resolução-TSE nº. 23.364/2011, o pedido de registro será complementado pela entrega destes dados ao Tribunal Eleitoral em um prazo de até 24 horas, contado da divulgação do respectivo resultado): 

Questionário completo aplicado ou a ser aplicado (formato PDF): QUEST. BUZIOS - RJ - com disco.pdf

Arquivo com detalhamento de bairros/municípios (formato PDF): DESCRIÇÕES DE ARMAÇÃO DOS BUZIOS.pdf

Parte inferior do formulário

Fonte: TSE