Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Os vinte erros do Prefeito do 20

Prefeito de Búzios, André Granado, foto Facebook da Prefeitura


1) Não ter feito a transição de governo pessoalmente. Antes de assumir o governo em janeiro, o Prefeito viajou para o exterior, deixando na Cidade uma equipe tão desarticulada que podemos dizer que não houve transição alguma. A falta de informações sempre dificulta a gestão pública.

2) Ter optado pelo coordenador da campanha eleitoral, companheiro de desgoverno Toninho Branco e ficha suja Henrique DJ, em detrimento de outro coordenador, Carlos Terra. O povo de Búzios e a ética saíram perdendo.

3) Ter loteado as secretarias de Serviços Públicos, Desenvolvimento Social Trabalho e Renda, e Ciência e Tecnologia para João Carrilho, como resultado do acordo para que ele desistisse da sua candidatura e o apoiasse.

4)  Ter loteado a Secretaria de Educação para o seu partido- o PSC do deputado Hugo Leal.

5) Ter escolhido para secretário de Educação, o autoritário e avesso ao diálogo Cláudio Mendonça. Não se resolvem os problemas estruturais da educação de Búzios sem democracia e participação da comunidade escolar.

6)  Torrar quase 60% de nossas receitas municipais com folha de pagamento e encargos.

7) Montar, como os prefeitos anteriores, um grande cabide de empregos para 600 comissionados e 300 contratados.

8) Como consequência do item 7, ter investido na cidade menos de 3% dos 204 milhões de reais de receitas orçamentárias em 2013. 

9) Não ter elaborado uma política pública de Trabalho e Renda como prometeu em campanha. Poderia ter trazido pra Búzios, emergencialmente, o programa Casa-Trabalho do seu guru político e também ficha suja Chiquinho da Educação.

10) Não ter criado subprefeituras nos principais bairros de Búzios para fugir do "toma lá dá cá" da Câmara de Vereadores. Esta seria a única forma de enfraquecer o "poder" dos vereadores já que elegeu apenas dois dos nove. Experiências bem sucedidas nesse sentido foram realizadas por Erundina em São Paulo e César Maia no Rio de Janeiro.

11) Falta de transparência do governo na publicação dos boletins oficiais. Possivelmente devem ter sido realizadas 32 licitações sem que tenham tido publicidade alguma  para beneficiar amigos e financiadores de campanha, fato noticiado aqui no blog e que é hoje objeto de uma CPI instalada na Câmara de Vereadores.

12) Ter batido boca com um blogueiro de Búzios em plena solenidade da Secretaria de Turismo de apresentação do Calendários de Eventos do município, revelando pouca ou nenhuma tolerância a críticas.

13) Não ter permitido que um fotógrafo de um jornal local tirasse fotos suas durante o evento de motos no campo da SEB, demonstrando autoritarismo e perseguição.

14) Ter tentado desalojar, em 10 dias, a Sociedade Esportiva de Búzios (SEB), do campo que ocupa há 37 anos.

15) Ter começado a rejuntar as pedras da Rua das Pedras sem consultar ninguém.

16) Ter assinado sem ler o protocolo de intenções de transposição dos efluentes das ETEs de vários municípios da Região dos Lagos para o Rio Una.

17)  Perseguir funcionários concursados privilegiando sua patotinha de incompetentes.

18) Ter enviado à Câmara de Vereadores seu draconiano projeto de Lei do Estágio Probatório. O Projeto mostrava tanto desprezo pelo funcionalismo concursado que 
os vereadores sentaram em cima dele.

18) Ter abandonado o projeto de mobilidade urbana do arquiteto e funcionário público municipal Beto Bloch.

19) Não ter providenciado em tempo hábil- antes da chuva do dia 18- o conserto de uma das bombas que direcionam as águas pluviais de Cem Braças para Manguinhos, o que poderia ter diminuído o nível do alagamento do bairro.

20) Deixar faltar remédios de uso continuado (diabetes, pressão) nas farmácias da rede de saúde municipal.

Feliz Ano Novo para todos. Em especial para os leitores do blog. Para o Prefeito de Búzios também, afinal ele é leitor assíduo do blog.

Comentários no nGoogle+:



Maria Cristina Guimarães Pimentel

Há 2 horas  -  Compartilhada publicamente
Concordo!! Lamento porque o novo prefeito estava, na época, apenas começando. Você esqueceu de citar o loteamento da Secretaria de Habitação, aparelhada pelo PC do B, que hoje conta com um pessoal incompetente, que não soma em nada para a cidade, que só pensa em partido e que não tem a menor sensibilidade para os desafios da cidade, ou seja, regularização fundiária, reestruturação de loteamentos, como Pórtico, José Gonçalves etc.. Diante da ocupação desordenada da cidade, devíamos exigir que esses caras apresentassem um plano de governo da Secretaria, para os próximos 2 anos, inclusive com implantação da arquitetura social e descentralização administrativa, como vc citou. Sem contar que é visível o quanto alguns se aproveitam da pasta visando se eleger, no próximo pleito. E tudo isso nos custa uma verdadeira fortuna.
Meu comentário:

Cristina concordo integralmente com você. Como limitei em 20 erros, tive que optar por alguns. Realmente não podia deixar de ter citado o loteamento da Secretaria de Habitação porque o problema fundiário é um problema estrutural da Cidade que precisa de solução urgente. 
Hoje, com certeza, acredito que o único mérito deste novo desgoverno nosso foi ter mostrado para o povo buziano que Mirinho não era invencível. Quem realmente transforma a realidade é o povo. Nós precisamos humildemente entender o que se passa na cabeça deste povo. Para mim ele está, através de tentativas de acertos e erros, tentando eleger um prefeito que realmente promova as mudanças que realmente precisa. Este desgoverno pra mim já está condenado à derrota no próximo pleito, assim como foram derrotados Mirinho e Toninho. Só se aprende a nadar, nadando. Só se aprende a votar, votando. Cabe a nós ter paciência e acompanhar este movimento de conscientização popular. Na política não existe solução transformadora sem o povo! Paciência, é o que precisamos.   


domingo, 29 de dezembro de 2013

Concurso Público de Búzios: últimas convocações de 2013

Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 1
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 2
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 3
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 4
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 5
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 6
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 7
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 8
Boletim Oficial nº 616, de 26/12/2013 9



Capacidade de carga já!

Por do Sol em Geribá

O governo municipal precisa providenciar imediatamente um estudo da "capacidade de carga" do município. Dizem que mais de 300 mil pessoas passam o reveillon na Cidade. Sabe-se que é a data em que mais recebemos visitantes. Mas temos capacidade para acolher bem uma população dessa ordem de grandeza?  Se não temos infraestrutura de saneamento básico (esgoto, drenagem, coleta seletiva, água) nem mesmo para atender aos 30 mil moradores como vamos receber mais 270 mil pessoas. Não seria irresponsabilidade ficar botando tanta gente pra dentro de casa  se ela não comporta tal número?

"Armação dos Búzios não é uma cidade qualquer. É uma verdadeira jóia da Coroa, frágil e pequena, que precisa estabelecer um limite ao número de turistas que entram na cidade. No Brasil, Fernando de Noronha e Ilha Grande já fazem isso. Na Ilha, por exemplo, só entram 500 pessoas por vez. Como as Ilhas Seicheles, Cancun ou Bali- verdadeiros paraísos naturais-, Armação dos Búzios precisa de um tratamento diferenciado" (Aspásia Camargo, Jornal O Perú Molhado, 12/03/2011).

Ver: "Capacidade de carga de Búzios"

Comentários no facebook:

  • Sandra de Lellis Socorro!!!!!!!!! Búzios está explodindo de gente!! Uma hora e Meia para percorrer da Vila Carnga até Tartaruga (800 metros)

  • Sandra de Lellis Urbanos! Como gostam de vir para esta península nesta época! Vida de Gado!! Todos fazem a mesma coisa,Por Deus!! E Pior. pagam Caro por isso, Praias Poluídas, Engarrafamento, Hamburguers por todos lados,aajjjjjj. Onde foi para nosso Paraíso?

  • Rosa Espinosa S Ó NO INVERNO...


  • Santa Peixoto Luizinho,melhor que isso só se esses administradores tivessem competência e interesse nessas informações e preservação de nossa cidade, o que realmente não acredito e espere ver acontecer espontaneamente, teremos de impor nossa vontade e essa incontestável necessidade.
  • Luis Carlos Palencia Búzios tem uma população sazonal, e com a especulação imobiliária o nosso problema só aumente com tantos e tantos condomínios, onde gera uma grande quantidade de lixo e esgoto, além de tumultuar o transito.

  • Ina Márcia DeMel E muito mais que isso, um turismo de qualidade, esta massa popular que vem para cá, de nada está beneficiando aos que vivem do turismo!!! Algo anda muito errado, estamos andando para trás!!!!!
     
     

Obras de drenagem previstas no Orçamento de 2014

Sensíveis aos apelos dos moradores que tiveram suas casas e ruas inundadas pela recente chuva devido à falta de infraestrutura de saneamento- principalmente drenagem-  os vereadores remanejaram dotações de programas e ações de outros órgãos para a secretaria de obras no valor de 12,2 milhões de reais. Mais de 50% destes valores- 6,5 milhões de reais- destinam-se a obras e serviços de drenagem. Vejam abaixo os bairros e as respectivas ruas que serão atendidas em 2014, pelo menos no orçamento. Se vão mesmo ser  realizadas é outra coisa. Cabe ao governo executá-las. Por isso, o povo de Búzios deve ficar muito atento durante o ano que vem. 

Bairro Cem Braças:

1) Drenagem do bairro - R$ 5.007.490,11
2) Drenagem do Valão - R$ 1.500.000,00

Bairro São José:

1) Drenagem e pavimentação da Rua João Henrique de Souza - R$ 200.000,00
2) Drenagem e pavimentação da Rua João Eduardo de Lima Filho - R$ 180.000,00
3) Drenagem e pavimentação da Rua Deocleciano José da Silva - R$ 177.100,00

Bairro Pórtico de Búzios:

1) Drenagem e pavimentação das ruas A e E - R$ 295.000,00

Bairro Baía Formosa:

1) Drenagem e pavimentação da Rua Amélia Rosa de Carvalho - R$ 200.000,00

Bairro Boa Vista:

1) Drenagem e pavimentação de ruas do bairro - R$ 900.000,00

Bairro Rasa:  

1) Drenagem e pavimentação da Travessa Vitória - R$ 200.000,00

Bairro Manguinhos:

1) Drenagem e conclusão da pavimentação da Rua Satiro Coelho - R$ 150.000,00
2) Drenagem da Rua Celeste da Costa - R$ 345.000,00
3) Drenagem da Rua Vieira Câmara - R$ 345.000,00
4) Drenagem da Rua da Linguiça - R$ 350.000,00

Bairro Geribá:

1) Drenagem da pista de Skate - R$ 350.000,00

Bairro José Gonçalves:

1) Drenagem e pavimentação da Rua das Emerências e Adjacências - R$ 200.000,00

Bairro Ferradura:

1) Drenagem e pavimentação da Rua G3 - R$ 160.000,00
2) Drenagem e pavimentação da Rua H - R$ 160.000,00
3) Drenagem e pavimentação da Rua J4 - R$ 160.000,00
4) Drenagem e pavimentação A1 e M1 - R$ 160.000,00

Meu comentário:

Os vereadores estão de parabéns pelas emendas feitas buscando realizar obras e serviços de drenagem em vários bairros de Búzios. Em Manguinhos as ruas citadas já estão pavimentadas. Como será possível fazer a drenagem sem ter que repavimentar? Nada foi previsto para este fim!

Comentários no Google+:





Maria Cristina Guimarães Pimentel

comentou em uma postagem do Blogger.
Compartilhada publicamente  -  12:19
Luiz, acho que deveria entrar na pauta do FECAB, a formação de um Conselho Municipal de Saneamento Básico.

Comentários no Facebook:



  • Jose Figueiredo Sena Sena Luiz Carlos Gomes, eu espero mesmo , que isso vai acontecer , que este dinheiro tenha um bom uso , que contrate " EMPRESA " que entenda mesmo de drenagem , vamos tirar aquelas que não passam de empresa " CURIOSA " , porque destas Búzios tá cheia . Eu espero que Búzios comece a dar certo, tem tudo pra dar certo , basta querer .( Obs: dá uma espiadinha no MERCADO MUNICIPAL DE BÚZIOS " , quando foi feito o cercado eu disse e afirmei não vão fazer nada , nadinha mesmo , com o compensado que colocaram para cercar a obra e ainda esqueceram de colocar um " PORTÃO " de entrada para o material ser colocado , é uma das piores coisas em matéria de enterrar o dinheiro " PUBLICO ". ) Eu quero é que Búzios dê certo , com cada " MACACO NO SEU GALHO " .
  • Ricardo Guterres É preciso separar o esgoto das águas pluviais...a drenagem NÃO pode servir de despejo de esgotos...que se acionem a PROLAGOS e ela que RESOLVA o problema, afinal ele é concessionária da prefeitura.
     
     

Orçamento 2014

O governo André reenviou à Câmara de Vereadores nova proposta orçamentária para 2014- a anterior continha erros grosseiros- estimando as receitas em 251,0 milhões de reais. Entre as receitas, constavam verbas de possíveis convênios a serem assinados com a União totalizando 40,1 milhões de reais. Os vereadores fizeram muito bem em retirar estas dotações do orçamento porque os convênios citados ainda não foram assinados. No momento atual, sem assinatura, seriam convênios fakes. Ficou claro que tudo não passava de manobra contábil para inflar as receitas e, consequentemente, como sempre, a folha de pagamento. Com a retirada, a receita total prevista para o novo ano foi fixada em R$ 210,9 milhões, pouco superior à  do ano em curso, de 204,0 milhões, revelando que o governo municipal atual não conseguiu aumentar suas receitas próprias em 2013. Incompetência administrativa dá nisso!  

Vejam abaixo os valores de convênios que foram suprimidos do Orçamento 2014 e o órgão  correspondente:
1) Secretaria de Obras e Saneamento - 16,8 milhões.
2) Secretaria de Educação - 10,2
3) Secretaria de Turismo - 6,3
4) Fundo de Saúde - 5,9
5) Fundo de Assistência Social - 0,7 (700 mil reais)
6) Fundo da Criança e do Adolescente - 0,021 (21 mil reais).

Sensíveis aos problemas causados  pela recente chuva devido à falta de infraestrutura de saneamento- principalmente drenagem-  os vereadores remanejaram dotações de programas e ações de outros órgãos para a secretaria de obras no valor de 12,2 milhões de reais. Inicialmente, o governo estimou as despesas da secretaria em 23,3 milhões, sendo 16,8 receitas futuras de convênios, que não foram eliminadas. Dos 6,5 milhões que restaram, 5,7 foram subtraídos e remanejados para outras rubricas. Com o acréscimo de 12,2 milhões, a secretaria ficou com uma dotação total de 12,9 milhões de reais, sendo que mais de 50% destinam-se a obras e serviços de drenagem.

Depois da Secretaria de Obras, a dotação da  secretaria de Serviços Públicos foi a que mais foi mexida. De uma previsão governamental de 23,6 milhões, o Legislativo suprimiu 6,6 milhões de reais, ficando a secretaria com previsão de despesa de 16,9 milhões de reais.

A terceira secretaria que mais sofreu cortes em sua dotação inicial foi a Secretaria de Administração. Dos 14,7 milhões de reais, foram suprimidos 4,9, ficando com dotação final de 9,8 milhões de reais.

A Chefia de Gabinete perdeu 2,8 milhões de reais. Dos 5,0 milhões previstos, ficou com apenas 2,2 milhões de reais.Muitos destes recursos destinavam-se a "eventos" a serem "realizados" por Robinho do Salão. A dotação de "realização de eventos" caiu de 2,5 milhões para 300 mil reais. A "manutenção da frota" foi reduzida de 300 mil para 50 mil reais. 

A Secretaria de Educação perdeu 1,0 milhão e ganhou 1,9, ficando com 48,8 milhões de reais. Na proposta do governo a secretaria ficaria com 58,2 milhões, sendo que 10,2 resultado de convênios que foram suprimidos.

Outras secretarias ganharam emendas, tanto aumentando suas dotações quanto diminuindo. Da secretaria de turismo foram subtraídos 0,305 milhão e acrescentados 4,1, resultando um total de 6,5 milhões de reais. Entre os secretários, Zé Márcio foi o que fez o maior lobby.

Por secretarias ficaram assim a distribuição de recursos com os respectivos percentuais das receitas totais de 210,9 milhões de reais:

1º) Saúde (fundo) - 53,9 milhões de reais - (25,5%)
2º) Educação - 48,8 - (23,1 %)
Observação: esta dotação da Educação precisa ser corrigida porque está abaixo dos 25% constitucionais.
3º) Obras e Saneamento - 12,9 - (6,0%)
4º) Ordem Pública - 12,2 - (5,7% )
5º) Administração - 9,8 - (4,6%)
6º) Previdência (fundo) - 9,1 -  (4,3%)
7º) Turismo - 6,5 -  (3,0%)
8º) Câmara Municipal - 6,1 -  (2,8%)
9º) Fazenda - 6,1 - (2,8%)
10º) Infraestrutura - 3,9 - (1,8%)
11º) Assistência Social (fundo) - 2,9 - (1,3%)
12º) Esporte e Lazer - 2,3 - (1,0%)
13º) Desenvolvimento Social - 2,3 % - (1,0%)
14º) Cultura - 2,3 - (1,0%)
15º) Chefia de Gabinete - 2,2 - (1,0%)
16º) Meio Ambiente - 2,1 - (1,0%)
17º) Pesca Artesanal (fundo) - 1,8 - (0,8%) 
18º) Planejamento - 1,3 - (0,8%)
19º) Procuradoria - 1,3 (0,8%) 
20º) Meio Ambiente (fundo) - 1,1 (0,5%)
21º) Habitação - 0,9 - (0,4%)
22º) Criança e Adolescente (fundo) - 0,5 - (0,2%)

Meu comentário:

1) Causou-me estranheza a dotação de 12,2 milhões de reais na secretaria de Ordem Pública. Assim que tiver acesso aos programas e ações previstos na pasta comentarei.
2) O substitutivo dos vereadores ao projeto de LOA-2014 do prefeito aumentou em 9,2 milhões os investimentos para o ano que vem. Eles foram provenientes de reduções de 0,484 milhões da rubrica "pessoal e encargos" e 8,7 de "despesas correntes". Muito boa a iniciativa dos vereadores mas ao meu ver poderia ser retirado muito mais da primeira rubrica.
3) Fora os convênios fakes que não foram sequer considerados, os vereadores remanejaram um total de 23,7 milhões de reais com suas emendas, ora acrescentando, ora diminuindo valores.


 

sábado, 28 de dezembro de 2013

Cem Braças ainda precisa de socorro!

Vejam o link:



http://youtu.be/BlUu_fMJeGg

Comentários no Google+:

Maria Cristina Guimarães Pimentel

comentou em uma postagem do Blogger.
Compartilhada publicamente  -  Ontem à(s) 19:15
 

Infelizmente, o esgoto das pessoas, em Cem Braças, para piorar a situação, está ligado nas águas pluviais. Choveu demais e o resultado é este. Agora, é urgente tirar, com caminhão, e fazer uma boa de uma lavagem. A médio prazo, só a construção da rede separativa. 
 
 

Cem Braças ainda tem pontos de alagamento, dez dias depois das chuvas

Fotos tiradas ontem, dia 27 de dezembro de 2013, à tarde.



Entrevista do Prefeito de Búzios a rádio Litoral - parte 2


Dr. André, prefeito de Búzios, concede entrevista a Ademilton Ferreira, da rádio Litoral, no dia 27 de dezembro. Separei para os leitores os dois trechos mais importantes.
 
Vejam o link: http://youtu.be/S_J9wPz2reg

Meu comentário:

Segundo o Prefeito André o ano de 2013 foi "ano de projeto". Agora, 2014, será ano de obras. Trinta obras, de acordo com ele, todas já licitadas e que começam em janeiro.

Um ano de "projeto" e outro de "obra". Não pode ser as duas coisas juntas, projeto e obra no mesmo ano?

Na verdade, tudo não passa de blá-blá-blá do prefeito.Ele não passou o ano sem obras porque faltaram projetos. O que faltou foi capital de investimento. Em 2013 teve apenas 3% de 200 milhões de reais, ou seja, 6 milhões de reais, porque gastou mal, muito mal, pra sustentar o seu curral eleitoral de mais de 600 comissionados e uns trezentos contratados, e pra recompensar os financiadores de campanha com terceirizações desnecessárias e caras. Os investimentos não alcançaram nem mesmo os 6 milhões de reais, porque parte deste montante foi gasta em amortização de dívidas municipais.

Entrevista do Prefeito de Búzios a rádio Litoral - parte 1

Dr. André, prefeito de Búzios, concede entrevista a Ademilton Ferreira, da rádio Litoral, no dia 27 de dezembro. Gravei dois trechos mais importantes.
 
Vejam o link: http://youtu.be/N_J_CTulZig

Observação:

Não é mentira não, prefeito! Está documentado. O senhor autorizou, junto com os prefeitos de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande , que a Prolagos fizesse a transposição dos efluentes de esgoto tratado das ETEs de Iguaba Grande, de São Pedro da Aldeia e do Jardim Esperança para o rio Una, atendendo a recomendação do Consórcio Intermunicipal Lagos São João (CILSJ).

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Rabiscos locais 8





Guardas marítimos ambientais

Recebi denúncia por e-mail que 34 guardas marítimos ambientais concursados estão recebendo salários sem fazer nada. É verdade Secretário de Meio Ambiente? Também é verdade que a prefeitura tem guardas marítimos contratados, apesar da realização do concurso?  E o Regimento Interno da categoria? Já foi criado?

Socorro às vítimas da inundação em Cem Braças

Por e-mail fui informado que no dia 24, véspera do Natal, a secretária de  Desenvolvimento Social , Trabalho e Renda, Cláudia Carrilho, encerrou os trabalhos de socorro às vítimas da inundação na Cem Braças às 14:00 horas sob o pretexto de que seus funcionários precisavam descansar por estarem exaustos. Nada mais justo. Mas a ajuda não poderia parar, porque as vítimas ficariam desamparadas. Mesmo com funcionários públicos de outras secretarias (meio ambiente, ordem pública, e guardas parque do INEA) se oferecendo para continuar os trabalhos de assistência aos necessitados, a secretária bateu pé e fechou o CEPEDE, que funcionava como centro de triagem de doações.

A grande preocupação dos que participavam do socorro era a distribuição imediata dos Kits de limpeza doados pelo estado do Rio de Janeiro já que havia grande perigo de contaminação dos moradores pela água contaminada. Não se poderia esperar o dia seguinte. Mas a secretária só liberou água mineral, roupas e brinquedos. O Kit de limpeza teria que ser distribuído apenas por ela, depois de conferido e contado. Mesmo com o subsecretário de meio ambiente se responsabilizando pelo material, a secretária bateu pé e negou-se a permitir a distribuição dos kits, o que deixou todo mundo chocado. A atitude  autoritária e desumana da secretária estaria escondendo interesses políticos eleitorais? Fica o registro.

Recebi email de Ricardo D'Agosto que publico como direito de resposta:

"Mando este e-mail em resposta a matéria lida no blog Iniciativa Popular dia 27 de Dezembro de 2013, onde segundo a matéria nós (Guardas Marítimos Ambientais) receberíamos sem trabalhar. É sim verdade que não temos regimento interno, estatuto, risco de vida nem regulamentação ainda, mas apesar disso nós trabalhamos SIM, não temos toda a estrutura que deveríamos, mas mesmo assim fazemos vários trabalhos como segue em anexo as fotos, posso citar alguns como: Salvamento nas praias, limpeza de lixo na ilha feia e no mar, combate a incêndio, captura de Jacaré, limpeza nas praias, recuperação de animais feridos (tais como pinguins), participação na desativação de carvoaria clandestina, plantio de mudas na rua das pedras e na praça cruzeiro, ajuda as vitimas da enchente ocorrida em Búzios ( entrega de mantimentos, colchões, água, etc...), dentre outras operações".

Meu comentário:

Guarda Marítimo Ambiental, foto de Ricardo DÁgosto
Pelas fotos que você me enviou Ricardo não dá pra saber quem é guarda marítimo ambiental. Identifiquei um com camisa vermelha. Nas fotos tem também salva- vidas e outros funcionários de outras carreiras. 

De qualquer forma está feito o registro.

Grato por visitar o blog.

Tréplica:

Obrigado por postar o direito de resposta, todos que te mandei nas fotos são GMA's, temos uniforme camisa branca, vermelha e camiseta vermelha, fora a farda. Essa é a maior dificuldade mesmo, nos identificar, por isso muita gente pensa que não trabalhamos, pois estamos lá e não somos identificados como tal. Mas lhe convido para fazer uma matéria mais de perto sobre a GMA, inclusive em alguma de nossas operações, um abraço e parabéns pelo blog.

Réplica da Tréplica:

Leitor identifica na foto que nem todos são guardas municipais ambientais
 

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Nova atração turística de Búzios: encontro das águas!

Grande realização conjunta dos prefeitos de merda: Mirinho, Toninho e Andrezinho.

Encontro das águas, natal de 2013, foto 1



Encontro das águas, natal de 2013, ao fundo Hotel das Rocas, foto2
Encontro das águas, natal de 2013, esgoto ultrapassa limites do canal, foto3
Encontro das águas, natal de 2013, esgoto fora do canal mar adentro, foto4
Encontro das águas, natal de 2013, contraste muito nítido, foto 1
Encontro das águas, natal de 2013, o canal nunca teve essa cor, foto 6


Comentários no Facebook:


  • Ina Márcia DeMel Nossa!!!! quanta falte de amor e deixar estragar um mar tão lindo!!! Porque????? Autoridades buzianas??????