Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

terça-feira, 30 de junho de 2015

Os 10 melhores sites da Região dos Lagos em 30/junho/2015, segundo o Alexa

Neste mês quase todos os blogs mudaram de posição no ranking. O único que manteve sua classificação do mês anterior foi o site FOLHA DE BÚZIOS, que permanece em terceiro lugar. A maior mudança, no sentido positivo, se deu com o blog REDAÇÃO FINAL BÚZIOS, que galgou três posições, saltando da 7ª para a 4ª posição. Já no sentido contrário, o blog do REPÓRTER EDUANDER SILVA caiu da 8ª pra última colocação, a 10ª. 

É com imensa satisfação que noticio que meu blog IPBUZIOS retomou a 1ª colocação, desbancando o blog RC24H que passa a ocupar a 2ª colocação. Dois outros blogs também tiveram crescimento positivo: o blog CIDADANIA E SOCIALISMO, que passou da 9ª pra 8ª posição; e o blog do RAFAEL PEÇANHA, da 10ª pra 9ª. 

Uma possível razão para o fato de meu blog ter retomado a primeira posição entre os blogs da Região dos Lagos se deve às notícias policiais que publiquei a partir do vídeo sobre a tentativa de assalto à casa de José Carlos Alcântara. Noticiais policiais, acidentes de trânsito, crimes, e coisas do gênero dão muita audiência. O vídeo com José Carlos bombou no blog. Mas não esperem mais notícias desse teor porque não é essa a motivação do blog.

Todos os outros blogs caíram uma posição: o blog BÚZIOS EM PAUTA, da 4ª pra 5ª; o blog HISTÓRIA, MÚSICA E SOCIEDADE, da 5ª pra 6ª; e o site JORNAL DO TOTONHO, de 6ª pra 7ª       

Vejam posição e links dos sites na coluna lateral do blog.

2.996

Comentários no Facebook:


O Blog IP Buzios recuperou a primeira posição. Viva!
O blog que nos representa e ouve.
Para Bens, Luiz Carlos Gomes!

Rabiscos locais 20

Rabiscos locais

Blogueiro "clandestino"

Todos os blogs têm a página "Sobre" onde os blogueiros se identificam apresentando seus nomes e pequenas biografias. Mas o blog "buziosempauta" tem a página sem conteúdo algum. Parece que a coisa é feita para que o blogueiro não seja identificado, para dar uma aparência de imparcialidade. Mas o blog pedetista não consegue enganar a ninguém tal a sua semelhança com um outro blog de Cabo Frio. Tudo indica que só foi criado pra defender a impossível candidatura de Mirinho e descer a lenha em todas as outras. Chega a ser engraçado ver postagens em que o "autor oculto" mete o pau no prefeitável Felipe Lopes por suas relações com o ex-secretário Ruy Borba, homem-forte do governo...Mirinho. Está aí o porquê da clandestinidade.

Blogueiro pedetista

Meu blog constava da relação de links de um blog de um professor pedetista muito lido em Cabo Frio. Normalmente, a indicação acontece quando blogueiros querem recomendar determinado blog em reconhecimento à  sua importância. Mas assim que publiquei um texto crítico à entrevista dada por Mirinho ao jornal Primeira Hora, meu nome foi retirado da relação de blogs. Aproveitou-se a transformação recente do blog em site para excluir meu blog da lista de blogs recomendáveis.  Relato este fato para revelar o quão pouco democráticos são estes blogs da nossa região. Não sabem conviver com o contraditório, com opiniões diferentes. O que aconteceu agora com este blogueiro pedetista já acontecera antes com dois blogueiros alairistas, um deles também professor. Bastou que eu publicasse um post com críticas mais contundentes ao governo Alair Corrêa para meu blog também sumir das listas deles. 

Descente

Na recente entrevista concedida pelo vereador Felipe Lopes ao jornal Primeira Hora, ao observar um trecho ( -"Em São Pedro da Aldeia você consegue caminhar pelo centro numa calçada descente (sic), mas em Búzios isso praticamente não é possível") em que aparece grafada a palavra "descente" lembrei-me de um post meu  ("ver aqui")
de 2011 em que levantava a hipótese de que o senhor Ruy Borba continuava escrevendo no jornal apesar de ele negar o fato. O seu erro recorrente reaparece de novo no PH. Ruy Borba participou da entrevista ou será apenas puro mimetismo do senhor Borgerth, muito característico de quem nutre admiração extrema por outrem? 


2.995  

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Por onde anda este bote?

Bote da Secretaria de Ordem Pública de Búzios, para fiscalização marítima, foto 1

Bote da Secretaria de Ordem Pública de Búzios, para fiscalização marítima, foto 2

Bote da Secretaria de Ordem Pública de Búzios, para fiscalização marítima, foto 3

Este bote, nunca visto em águas do mar territorial de Búzios, foi comprado ou alugado pela Prefeitura. Não se sabe a que custo porque não consta nenhum registro da aquisição ou locação do mesmo nos Boletins Oficiais (BOs) distribuídos regularmente à população de Búzios. Fiz uma varredura em todos os BOs de 1/1/2013 até aos dias de hoje e nada encontrei. Talvez algum registro tenha sido feito nos BOs de capa dupla, aqueles a que poucos tiveram acesso.  
  
O paradeiro do bote virou objeto de discussão recente no Facebook: 

Senhores AMBIENTALISTAS! Alguém de vocês já presenciou esta embarcação em alguma atividade de FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL, como por exemplo, contra a PESCA PREDATÓRIA e POLICIAMENTO AMBIENTAL OSTENSIVO nos Parques dos Corais?
·         Você, Jose Figueiredo Sena SenaCarlos Tavares TavaresAnny Figueiredo eoutras 21 pessoas curtiram isso.

Jorge Buzios Q barco é esse luiz Luiz Carlos Gomes , Flávio Machado, Gugu de Nair, Tyrone Tayrone FlorestaJoice Costa,


Marcos Silva Excelentíssimos Vereadores Henrique GomesLorram Silveira,Joice Costa, Felipe Lopes, Gugu de Nair, Leandro Pereira, Genilson Drumond,Messias CarvalhoJosé Márcio Dos Santos; Ilmo. Sr. Secretário de Ordem Pública e quem mais de direito.

Nelson Trindade Aqui como em qualquer outro lugar existe uma moeda chamada votos e é com eles que os políticos se elegem ou reelegem, não é interessante criar desafetos a final o político depende do voto de todos.

Alexandre José De Paula Santos calamidade, uma desordem pública, e o Ministério Público? - álibi pra gastar o dinheiro de royalties

Tayrone Floresta Amigo , Jorge Búzios se formos , documentar os nexo de provas , depoimentos, etc... para avaliar o que acontece hoje com o atual governo o Fórum de Búzios terá que dobrar de tamanho, pergunto quem banca isso, qual advogado quer se envolver, pois nós já solicitamos a OAB, ajuda , processando O Estado em relação ao contrato Prolagos, ou seja Porque alguns advogados locais não doam trabalho e adentram este cipoal ?

Maria Fernanda Bizzotto Lanchas compradas com dinheiro público e paradas para apodrecer?

Marcos Silva Vamos aguardar as explicações das autoridades competentes.

Anny Figueiredo Infelizmente nunca vi e temo jamais ver, já que estão exonerando os Guardas Marítimos Ambientais!! Emoticon frown

Jorge Buzios Mas pagamos por ela! Qual empresa formneceu? Deve ser alugada!!!
Alo. MP!!!!!

Marcos Silva Se o Portal da Transparência da Prefeitura de Armação dos Búzios atendesse aos requisitos da Lei de Acesso à Informação (Lei Nº 12.527/2011), poderíamos verificar diretamente com o auxílio de um eficiente mecanismo de busca como acontece em outros municípios mais sérios quanto ao princípio da legalidade. Como estamos na Idade da Pedra neste sentido, vamos aguardar as explicações/prestação de contas dos gestores.http://bit.ly/1GHRmcj 


Jorge Buzios Amigo Tyrone Tayrone Floresta tem uma promotora ambiental em cabo frio só para meio ambiente!


Junior Buzios Nunca vi


Fonte: "facebook.com/groups"

2.994


Comentários no Facebook:




HÁ CINCO ANOS NO BLOG - 29 de junho de 2010
"Requerimentos na câmara de vereadores I e II"
VER em: http://adf.ly/1K3nCp

HÁ CINCO ANOS NO BLOG - 29 de junho de 2010
“Cultura 1”

domingo, 28 de junho de 2015

GOVERNO DE ENGANAÇÃO!

"Mais uma vez o governo de Búzios tentou - mas não conseguiu- enganar a população com o Plano Municipal de Educação.

Mandou o plano no limite do prazo final para que não desse tempo de ler e assim, fosse aprovado um plano totalmente diferente do que foi discutido com a sociedade.

Eu como presidente da comissão de constituição e justiça disse que não votaria sem ler, e para nossa surpresa, quando começamos a analisar o Plano, mais de 50 itens foram fraudados pelo governo e enviados a câmara para serem votados enganando a todos.

Eu sinto vergonha de um governo que tentou forjar um verdadeiro ESTELIONATO POLÍTICO com professores, estudantes, pais e sociedade que lhes dispuseram a confiança e quase foram enganados.

Não fosse por nossa perseverança de enfrentar o líder do governo que queria votar o projeto sem ao menos ter lido, todos teriam sido usados e enganados pelo governo.

Uma dessas enganações tentadas pelo governo foi o CAAP (que cuida estudantes portadores de distúrbios de aprendizagem), que só teria investimentos daqui a 3 anos, enquanto que o decidido pela população é que o CAAP tivesse atenção imediata, por conta das centenas de crianças que aguardam uma vaga lá. E como esse, mais de 50 prazos foram modificados...

Por isso quero agradecer aos professores que nos ajudaram a corrigir todas essas 54 pegadinhas maldosas do governo... E ao governo que fraudou todos esses 54 itens do Plano original discutido pela população, deixo meu repúdio".

Felipe Lopes (Vereador)

Fonte: "felipe.lopes"

2.993

A Guarda Marítima Ambiental é nossa!!!

Um município que é o quinto destino internacional do Brasil não pode prescindir de guardas marítimos e ambientais bem pagos, em número suficiente e munidos de todo o equipamento necessário para a realização do imprescindível trabalho de fiscalização em toda a extensão do seu território. A poderosa especulação imobiliária que, como uma raposa, vem devorando nossos ovos de ouro, precisa ser contida em sua ganância. O povo de Búzios não pode aceitar, de forma alguma, que o governo municipal, e seu secretário de meio ambiente, desmobilizem a fiscalização marítima e ambiental. Nosso meio ambiente, e nosso mar, são nossos principais ativos. A degradação deles nos tornará um destino perdido! 



Arte do perfil do face annaroberta.mehdi

2.992

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Buzinildo 2



HÁ CINCO ANOS NO BLOG - 26 de junho de 2010
“Este vídeo deveria ser passado em praça pública”
VER em: http://adf.ly/1K3qC0

2.991

A importância dos blogs

Há pouco tempo atrás recebi por e-mail pedido de informações sobre a atuação do senhor Claudio Mendonça como secretário de educação de Buzios. Pretendia-se subsidiar uma postagem sobre o secretario em um blog de São Gonçalo onde ele novamente exercia o cargo de secretário da mesma pasta. Logo depois recebo, com alegria, a notícia de que "já nos livramos dele em março graças ao nosso incessante trabalho que deu subsídios à sociedade e à câmara de vereadores para enxotá-lo daqui". Para quem ainda não acreditava fica aí uma clara demonstração da importância dos blogs nos dias de hoje. Vejam a matéria do blog DAKISG:


"SECRETÁRIO COMPRA LIVROS SEM LICITAÇÃO"




Mendonça e Mulim: gastança em época de vacas magras, foto blog dakisg
Claudio Mendonça, Conhecido em Búzios como secretário-inexigibilidade, comprou R$ 12 milhões em livros sem licitação

Por Helcio Albano

O Diário Oficial de 10 de setembro trouxe em sua página um ato de “Ratificação de Inexigibilidade” na aquisição do projeto “Magia de Ler”, da Editora Melhoramentos, no valor de R$ 8.050.782,00 que, segundo o documento, será implantado nas unidades de educação infantil do primeiro segmento em São Gonçalo a partir de 2015. Quem assina a autorização do ato que desobriga concorrência de preços é o secretário de Educação do Município, Claudio Roberto Mendonça Schiphorst.

O atual secretário de Educação de São Gonçalo é bem conhecido no magistério e no meio político fluminenses, primeiro ligado ao PDT e, depois, à família Garotinho. Foi esta última que permitiu a Mendonça tornar-se secretário de estado nos anos 2004/2006, além de presidir diversas fundações, sempre ligadas à educação. Aliás, foram essas experiências que dão dor de cabeça atualmente ao secretário junto à Justiça e que começaram a construir sua fama de “secretário-inexigibilidade”.

Em decisão publicada no dia 08 de novembro de 2013 e amplamente repercutida pela imprensa, a 14ª Vara de Fazenda Pública da capital do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) condenou Mendonça, juntamente com a ex-governadora Rosinha Garotinho, pelo crime de improbidade administrativa por terem contratado, sem licitação, a Fundação Euclides da Cunha para implantação de um programa de informática que contemplaria os municípios do Rio com a criação de 254 salas e laboratórios equipados.

A juíza Simone Lopes Costa informou na decisão - que obrigou os réus a pagarem multa, além de terem perdido os direitos políticos -, que no processo não ficou provado a instalação das salas e, “independentemente da instalação dos laboratórios, tal atividade deveria ter sido precedida de licitação, uma vez que competiria a qualquer empresa do setor a participar da concorrência pública” . A decisão foi proferida em primeira instância e cabe recurso no pleno do TJRJ.

E a passagem de Mendonça nos dois últimos municípios como secretário, antes de São Gonçalo, também não foI tranquila. Em Niterói, cidade onde mora, entre 2010/2012 quando foi presidente da Fundação Municipal de Educação (FME), cargo que detém a chave do cofre, Claudio Mendonça teve duros embates com o sindicato local dos professores (Sepe) e com vereadores de oposição ao prefeito Jorge Roberto Silveira. O sindicato, inclusive, chegou a promover um plebiscito na rede de ensino (com números não revelados) em que 92% dos votantes rechaçaram as políticas da FME e o próprio secretário.

Em meio às acusações de falta de transparência nos gastos da Fundação, a aquisição (sem licitação) do programa “Magia de Ler” foi a gota dágua para o desgaste das relações de Mendonça e a comunidade educacional de Niterói. Aquisição à Melhoramentos foi de R$ 8 milhões em três anos.

No município de Búzios a situação não foi diferente. Lá fez inimigos ferozes na Câmara de Vereadores e entre profissionais da educação. Chamado pela imprensa local de “reativo como uma onça”, os bate-bocas entre Mendonça e um blog local de grande audiência já entraram para a história da pequena cidade da Região dos Lagos. Foi neste blog que surgiu a alcunha de “secretário-inexigibilidade. O então secretário da pasta em Búzios em 2013/2014 também enfrentou uma situação inusitada em que até o vice-prefeito, Carlos Alberto Muniz, marchou com manifestantes contra a situação da educação na cidade, que passava por uma séria crise de merenda estragada. Muniz criticava, como ocorrido em Niterói, a falta de transparência da secretaria e a “caixa preta” em que tinha se tornado. E a aquisição do programa “Magia de Ler” por R$ 490 mil, também sem licitação, pesou na opinião do vice-prefeito.

Já em São Gonçalo, Mendonça - que foi consultor do Banco Mundial e ex-candidato derrotado a vereador pelo PSC de Niterói em 2012, quando obteve 621 votos - promete mais polêmica. Francamente contrário, por razões diversas, às eleiçoes diretas para diretores de escola, disse recentemente à TV Win que a aprovação de tal medida não passa porque os diretores são indicações dos vereadores. Em outubro, na audiência pública sobre a LOA 2015, entre afirmações consideradas arrogantes pelos vereadores presentes, tentou justificar a compra de R$ 8 milhões em livros com a intenção de gastar mais R$ 4 milhões no programa “Magia de Ler” até dezembro, chegando a R$ 12 milhões, sempre fiel ao seu estilo “inexigibilidade”. No magistério e no meio político fluminenses, primeiro ligado ao PDT e, depois, à família Garotinho. Foi esta última que permitiu a Mendonça tornar-se secretário de estado nos anos 2004/2006, além de presidir diversas fundações, sempre ligadas à educação. Aliás, foram essas experiências que dão dor de cabeça atualmente ao secretário junto à Justiça e que começaram a construir sua fama de “secretário-inexigibilidade”.

HÁ CINCO ANOS NO BLOG - 26 de junho de 2010
“Este vídeo deveria ser passado em praça pública”
VER em: http://adf.ly/1K3qC0

2.990

quinta-feira, 25 de junho de 2015

2ª AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SANEAMENTO BÁSICO 
NA CÂMARA DE BÚZIOS  EM 24 DE JUNHO DE 2015

(peço desculpas por usar o termo genérico "morador" para me referir a fala das pessoas que eu não lembrei o nome)

Vereador Felipe Lopes fez fala de abertura, (peguei iniciada)... falou da importância de se produzir um encaminhamento, em breve, baseado na convergência da maioria.
1-Auto apresentação breve dos presentes na audiência...
2-Prof Luiz Carlos Gomes: cita a presença de poucos representantes do poder público na AP. Na noite de hoje, presentes os vereadores Joice Costa, José Márcio, Felipe Lopes. (depois chegaram os secretários Paulo Abranches e Fábio Dantas) Fez o questionamento sobre quantas casas estariam ligadas à rede de esgoto. Diz que a Prolagos informou ao Ministério das Cidades que 76% das casas estariam ligadas na rede de esgoto. Segundo informações dos médicos de família, apenas um número na ordem de 5% das famílias estariam ligadas à rede. Dados informados por diferentes fontes não cruzam (nem de longe). Compara com a situação de Casimiro de Abreu que tem uma situação melhor. Questiona drasticamente a terceirização do saneamento básico.
3-Felipe Lopes: registra que pessoas estão presentes pela primeira vez na AP.
4-Tayrone: diz que prof Luiz pagou cópias e passou questionários sobre ligações de esgoto... fala da necessidade de ruptura com a Prolagos, mantendo o serviço de fornecimento de água...
5-Stephanie Freitas: preocupação com esvaziamento das APs... frisa a ausência dos representantes do poder público e das instituições relacionadas à questão de saneamento. Sobre o município ter a gestão municipal do esgoto: cita o caso de Arraial, que municipalizou o saneamento e que a gestão está ruim. Fizeram coleta e exame dos efluentes e foi provado que a empresa de saneamento esta despejando "efluentes" com coliformes fecais (cocô) acima do permitido pelo CONAMA
6-Alessandri: faz apelo para que todos com poder de voz em Búzios, que busquem o aumento do nível de participação popular... que está muito errado a participação de uma parcela ínfima debatendo o destino de 30 mil habitantes... questiona se seria até mais conveniente para um certo paradigma político para que não sejam incomodados (e fiquem acomodados...) fala de "conselheiros coringa"... Que se dispõem em conselhos municipais de modo que acabam sendo figuras repetidas em diversos deles, deixando evidente que isso pode ser parte de uma cultura de desestímulo à participação... não acha por acaso a ausência do secretário de Meio Ambiente. Questiona a ausência de políticas públicas de meio ambiente. Fala que a fiscalização e a guarda ambientais estão sendo desmanteladas, por conta talvez de interesses que se desconhecem... Diz que se a sociedade Buziana se detivesse em ir à raiz dos problemas, as condições seriam melhores...
6-Um morador pergunta pelo prefeito... Acha um absurdo o prefeito não ter comparecido à AP que fala sobre saneamento básico...
7-Um morador: sobre coleta de tempo seco,,, fala de toda a precariedade do sistema desde à raiz... diz que a Prolagos cumpriu uma parcela pífia do que deveria ter cumprido dos tratos. Diz que toda a atuação da Prolagos foi desastrosa e que a mesma precisa ter o contrato cancelado, citando as vias judiciárias, poder legislativo, ou o que for cabível...
8- Felipe Lopes: secretário do Meio Ambiente prometeu parecer jurídico da procuradoria a respeito da questão de cancelamento do citado contrato com a Prolagos. Hoje seria o dia de apresentação de parecer...
No aguardo de resposta.
9-Morador: diz o quanto é imprescindível o contrato para ingresso de ação contra a Prolagos, dado o cumprimento precário e mesmo não cumprimento do mesmo.
10-Tayrone fala da necessidade de uma ação coletiva contra a Prolagos.
11-Felipe Lopes: sentarão com a procuradoria para fazer os devidos encaminhamentos para o judiciário.
12-Morador George Clark (foi secretário em Búzios): mais informações: as concessões Prolagos e Ampla surgiram por conta do não interesse das agência públicas na Região dos Lagos (por conta de poucos votos obtidos na região, que se mostrava pouco atraente do ponto de vista eleitoral). Contrato da Prolagos "escandaloso"... tinha um fundo pra investir mas sem qualquer especificidade dos serviços...fala do descompasso entre o timing das agendas de uma cidade com o timing dos mandatos...
Fala da necessidade de uma análise quinzenal das águas feita pelo município... monitoramento constante...
(Paulo Abranches chegou na AP...)
13-Claudio A. Agualusa: tendeu a crer no esvaziamento da APs, mas reviu o conceito, já que a cada AP fatos novos somam à questão. Cita que o Papa já lançou a encíclica que inclui o Meio Ambiente. Se fosse um tribunal de júri já teria um culpado: A prolagos. Segundo ele, a Prolagos já sinalizou pra escutar. Que cabe provocar com pressão pública e via judiciário. Diz que a Prolagos estaria "louca" pra conversar. Diz que o poder público é co-responsável pela execução ou não das obras necessárias. Pergunta onde estão os 20 milhões da Lagoa de Geribá. Cita o péssimo e mais recente boletim de balneabilidade feito pelo INEA (com coleta em momento em que não estava chuvendo). Propõe duas ações: chamar a Prolagos e perguntar (pressionar): o que fazer para resolver o problema a curto prazo?!
14-Vereador José Márcio: fala que precisa-se caminhar, mas com orientação jurídica concreta, segundo ele, se ficar só na retórica haverá perda de tempo, clamando por ação.
15-Prof Luiz: o governo federal que obriga à discussão sobre saneamento básico, já que os governos municipais não se interessaram (nenhum). Que a prefeitura sempre teve o dever de monitorar as águas, mas lavaram as mãos. Lembra que o município é rico, mas gasta mal, além dos "malfeitos"...critica todos os atores (consórcios...etc) Lembra que o Rio Una será a nossa futura fonte de água, onde não poderiam ser despejados efluentes.
16-George Clark: não existia a possibilidade de realizar ações de saneamento básico por impedimento legal, dada a existência de um contrato com uma agência concessionária.
(...) Minha Internet falhou nesse momento...
17-Ricardo Attie reivindica ações concretas, apelo aos agentes do Estado do Rio por solução.
18-Joice Costa; fala da necessidade dos planos dos municípios, uma vez que a não apresentação representa o fim de recebimento de verbas do Ministério das Cidades. Diz que o município não está na inércia, já que desde 2013 houve uma série de debates... havendo a necessidade de se construir ações concretas, via pressão reinvindicações, ações judiciárias...
19-Secretário Paulo Abranches: fala da validade das falas anteriores... fala que o governo deve se preparar para os novos cenários, sejam quais forem os encaminhamentos... definir o problema e construir ações... fala na implementação do plano próprio municipal de saneamento, uma vez que hoje o município está a mercê de terceiros...
(secretáro de Meio Ambiente Fábio Dantas chegou...)
19-Nicole: parabeniza as presenças... lembra que um assunto de extrema importância não está sendo tratado: o lixo. Muito dinheiro é destinado para o lixo, mas o tratamento está sendo insuficiente. Que a responsabilidade do lixo é de todos.Que todos os procedimentos em relação ao lixo hoje sã insuficientes, Fala da necessidade de mudança de postura de todos que produzem lixo, cobrando a coleta seletiva. Lembra que se existem 10 pontos de coleta na cidade é muito.
20-Claudio Aqualusa: pergunta pelo plano municipal de saneamento. Segundo o secretário, que se manifestou, está em andamento...
21-Felipe Lopes: lembra da necessidade de continuidade dos debates, sem perder de vista a necessidade da construção de ações práticas.
22-Secretário Fábio Dantas: vê a questão ambiental como uma questão de estado, ou seja, maior do que as questões circunstanciais de mandato, que deve ser maior do que ações de governo. Fala das audiências como positivas no sentido de fortalecimento para o trato com a Prolagos. Acha que o debate é positivo e vai ao encontro da política nacional de resíduos sólidos.
Na reunião mais recente, lembra, que o que foi cobrado está sendo tratado...
23-Prof Luiz: fala da citada greve de fome dos funcionários e quer saber do secretário sua opinião.
24-Fabio Dantas responde: greve é um direito legítimo, fala que podem recorrer dos processos administrativos. Que podem questionar o processo por alegação de abuso de poder. Cita problemas pontuais da guarda costeira que tentam resolver. Rebate crítica de que a fiscalização ambiental seria ineficaz. Fala de ação de ontem em José Gonçalves atendendo à denúncias. Que criaram (ou estão criando (?)) disque denúncia ambiental... foi criado sistema de plantão... convida às pessoas a se interarem sobre as ações da secretaria de Meio Ambiente.
25-Stephanie: sugere que os vereadores citem encaminhamentos. Tem 2 propostas: revisar ou cancelar o contrato. Fala da ação civil coletiva proposta pelo Tayrone. Pede definição clara de ações, já que ainda há divisões.
26-Claudio Aqualusa sugere ação impetrada por advogados independentes, ligados à OAB.
27-Marcos (presidente da ASFAB): esclarece questões dos funcionários que sofreram sanções: reivindicaram melhores condições de trabalho dadas as condições insalubres de trabalho. Um dos guardas marítimos, deu entrada na certidão de inteiro teor, fato que ele publicou no grupo Agenda 21. Diz que ampla defesa e o contraditório não foram assegurados a ele, e que o processo está parado na secretaria de governo desde abril e permanece ali. Lembra que o secretário que preza pela CF, que sugira ao governo que reveja seus atos. Pergunta ao secretário quantos fiscais de meio ambiente a prefeitura tem.
28-Fábio Dantas: não viu os autos, não pode julgar. Segundo ele, Diz que tem 3 fiscais concursados, mais alguns funcionários contratados...
29-Vereador Leandro: sobre a cobrança da Stephanie a respeito de representantes da Prolagos. Os convites foram feitos, mas os mesmos não compareceram. O mesmo "somebody love"... (ou seja, super sérios, só que não)... Diz que pra conversar, vê como caminho a pressão jurídica pra isso... lembra a necessidade de ter a OAB ao lado de Búzios, como representante na impetração de ação civil.
30-Joice Costa: fala do seu próprio caso, no canto esquerdo de Geribá... cita que a cidade tem que estar acima das questões privadas...
31-Vereador José Márcio: agradeceu a presença de todos e a presença dos secretários de governo. Que deseja a solução de questões práticas da cidade o quanto antes. Que ainda nessa audiência plano de ações concretas sejam definido. Se oferece pra participar e contribuir, sem lados, mas buscando soluções, com realismo e responsabilidade. Que vai deixar de ser vereador e continuará a ser morador e comerciante em Búzios.
32-Felipe Lopes: haverá reunião com um saldo do que foi debatido em APs. Esperam o plano e convocarão AP para debatê-lo. Diz que a comissão está aberta à sugestões.
33-José Marcio: acha que o saldo das APs deve se converter em material para conversa com a OAB para propor ação judicial contra a Prolagos.
34-Claudio Aqualusa propõe conversa com a Prolagos. Felipe Lopes e José Márcio propõem ação judicial, como decorrência do materal que será produzido a partir das informações colhidas nas APs.
35-Felipe Lopes propõe votação. A grande maioria quer processso, e não conversa com Prolagos.
36-Tayrone: propõe ação de direito difuso, de tutela. Quem assina é o coletivo. Sugere que vejamos aula sobre isso no youtube, Propõe ação civil questionando o cronograma da Prolagos e efetiva execução das obras. Comissão vai procurar OAB.
37-Felipe Lopes finaliza falando que haverá ação. Costuraram comissão de visita à OAB. Diz que é presidente da comissão do Meio Ambiente, mas que não é técnico. Diz que está aprendendo, em processo,,, para ele cada AP foi um novo bate papo informativo, desconstruindo a caracterização de coisa repetida, já que cada AP traz fatos novos, e que fará quantas forem necessárias para amadurecimento da questão.

Mabel Mow

Fonte: "mabel.mow"

2.989


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Guardas ambientais de Búzios fazem greve de fome no pátio da Prefeitura

Guardas ambientais, em greve de fome, no pátio da Prefeitura, foto de Alessandri Adriano 

Neste momento guardas ambientais de Búzios protestam contra demissões arbitrárias fazendo greve de fome no pátio da Prefeitura. 

O governo municipal age dessa forma porque não aceita de modo algum "o concurso público". Segundo informações, das 72 vagas abertas no último concurso público somente 48 foram preenchidas. Destes, apenas 25 restam trabalhando hoje, pois a maioria desistiu por pressão ou foi, e está sendo, dispensada por meio de processos no mínimo viciados.

A acusação? Insubordinação grave. Por quê? Segundo informações obtidas junto à categoria, por dois motivos fundamentais: 1) não aceitar se deslocar até um local determinado, por falta de estrutura, transporte e equipamentos e 2) saírem coletivamente para protestar contra essas más condições durante um ato legítimo do sindicato.

Enquanto os guardas ambientais estão sendo perseguidos, o meio ambiente está sendo depredado; o desmantelamento da Guarda Ambiental é apenas a ponta do iceberg, é um sintoma grave.   

Todo solidariedade à luta dos Guardas Ambientais de Búzios!!!
Abaixo o coronelismo do Doutor André!!!
Abaixo a ditadura implantada em Búzios!!!


HÁ CINCO ANOS NO BLOG - 24 de junho de 2010
“As ‘agressões’ na Região dos Lagos”
VER em: http://adf.ly/1K3yFE

2.988

Comentários no Facebook:



  • Eduardo Moulin Na Carreira Motorista concursados os 10 primeiros pediram exoneração por perseguição e assedio moral esta pratica acontece em todas as funções e o Pior estão demitindo e exonerando e mandam procurar a Justiça e certo que o funcionário ganhara a causa e sera reintegrado em 3 ou 4 meses dependendo da vontade do Juiz! Mas o que me assusta e que estão usando a Justiça para fazer a injustiça pois este tempo afastado o funcionário não tem recursos financeiros para manter a família! (Ex. Professora Denize Alvarenga que utilizaram da mesma Pratica)