Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Ou paga a dívida ou a Prefeitura não terá mais onde descartar o lixo de Búzios

Oito cidades descartam resíduos sólidos no aterro sanitário (Foto: Rafael Quintão/Inter TV)

A Prefeitura de Búzios está devendo à empresa Dois Arcos que administra o aterro sanitário em São Pedro da Aldeia.

"Aterro sanitário da Região dos Lagos corre o risco de fechar 

Oito prefeituras que utilizam o espaço estão com os repasses atrasados. Segundo a empresa, situação precisa ser "resolvida de imediato".

Termina nesta terça-feira (31) o prazo dado pela empresa Dois Arcos, responsável pela administração do aterro sanitário em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, para as prefeituras de Cabo Frio, Armação dos Búzios, São Pedro da Aldeia, Arraial do Cabo, AraruamaIguaba GrandeCasimiro de Abreu e Silva Jardim quitarem ou renegociarem as dívidas com a Dois Arcos. Segundo a empresa, se as oito prefeituras não resolverem a situação de imediato, a única alternativa será interromper as atividades.

A empresa também informou que, com os atrasos, para manter o funcionamento do aterro sanitário, que recebe cerca de 600 toneladas de resíduos por dia, é necessário gastar R$ 1 milhão. Segundo o administrador do local, André Martins de Lima, a Dois Arcos encontra-se em uma situação limite.

"Estamos em uma situação difícil. Nunca tivemos uma relação de valores tão altos como esse acúmulo de atrasos. Estamos em uma situação limite onde não temos condições de continuar a operação", disse André.

G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação das oito prefeituras que utilizam o aterro sanitário privado. As prefeituras de São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, Araruama e Silva Jardim não responderam se estão negociando a dívida.

Já as prefeituras de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Iguaba Grande e Casimiro de Abreu informaram que estão em contato com a direção do aterro sanitário e que o pagamento está sendo regularizado. A prefeitura de Casimiro de Abreu informou, também, que fez um acordo com a empresa e que já está pagando o débito atrasado. A prefeitura de Cabo Frio afirmou que está negociando com a diretoria uma dívida de R$ 9 milhões.  A prefeitura de Arraial do Cabo informou que fez uma programação de pagamento para os próximos dias.

Extinção dos lixões


Inicialmente programado para 2014, o prazo de extinção dos lixões foi prorrogado para 2018. No entanto, um projeto de lei tramita no Senado Federal para que o fim dos lixões fosse realizado em etapas, de acordo com o tamanho de cada cidade.


Desta forma, capitais e regiões metropolitanas teriam até o dia 31 de julho de 2018 para encerrar as atividades nos lixões. Municípios com população superior a 100 mil habitantes teriam até o dia 31 de julho de 2019. Municípios com população entre 50 e 100 mil habitantes teriam até o dia 31 de julho de 2020. E, por último, os municípios com população inferior a 50 mil habitantes teriam até o dia 31 de julho de 2021. A votação do processo segue sendo aguardada no senado".


Fonte:  "g1"

Comentários no Facebook:
Amelia Brasil Oficinas de Reciclagem, já!

Ricardo Guterres Só faltava essa......


Claudia Kevalá Se a cidade ainda tem lixo , imagina isso ! Jesus !!!
CurtirResponder10 h
Observação Búzios a cidade tem usina de reciclagem, ativem ela

Observação Búzios os resíduos são muito ricos, quem sabe sai da crise



Deu no Facebook - 2

Uma puxa-saco do Prefeito toma safanão no Facebook e, atordoada, desaparece.

Excelentíssimo Sr. Prefeito não estaria na hora de acionar o Conselho Municipal de Segurança, os órgãos envolvidos e os secretários mesmo que trapalhões?
Aliás reside neste município um profissional da área de segurança, com sólida formação, oficial superior do Exército, com trânsito forte nas autarquias correspondentes. Chame-o, converse, consulte......ouça....o senhor sabe seu nome.
16
Juliana Avila, José Carlos Alcântara e outras 14 pessoas
Comentários
Denise Carvalho
Denise Carvalho Metáforas
Paulo Inacio Schwarzkopf
Paulo Inacio Schwarzkopf É o caralho Denise Carvalho.
Thomas Sastre
Thomas Sastre Paulo Paulo porque no chamas a Saulo
Denise Carvalho
Denise Carvalho Já aprendi muito. É ainda há muito a aprender, mas palavrões não faz parte da minha meta. Hei de continuar na ignorância sobre isso.

Vereadora Gladys cobra de Secretário que o lixo seja coletado urgentemente em toda a cidade

Ofício enviado pela vereadora


Em seu perfil do Facebook ("gladys.costa") a vereadora postou:

"Agora na tarde desta terça-feira (31/01), encaminhei um ofício ao Secretário de serviços Públicos Sr. Geraldo Barreiro Borges, requerendo com extrema urgência a coleta do lixo de todas as ruas dos Bairros: Vila Verde; Rasa; José Gonçalves; Cem Braças e Marina, e informei que caso não haja a realização do mesmo tomaremos as devidas providências cabíveis. ESTAMOS JUNTOS NESTA EMPREITADA POR UMA ARMAÇÃO DE BÚZIOS MELHOR".

"Agora pela manhã desta terça-feira (31/01), recebi em meu gabinete o Sr. Quineo Pinto de Oliveira, junto com os moradores do Bairro Vila Verde – Rasa, munícipes da cidade de Armação de Búzios, onde foram feitas reclamações sobre o lixo que tem se acumulado a mais de vinte dias.

Os moradores pedem urgência, para que a prefeitura retire o lixo hoje, pois caso o problema não seja resolvido, eles (moradores) tomarão as devidas providências cabíveis, onde retirarão o lixo por conta própria, ato este que será comunicado aos principais jornais e TV da cidade, eles reclamam que o lixo acumulado está provocando contaminação, assim como doenças.

Como Vereadora e Vice-Presidente da Câmara Municipal desta cidade, quero deixar aqui meu total apoio aos moradores que tem sofrido com este desgoverno, e dizer que vocês podem contar comigo, e também com o Vereador e Presidente desta Casa Legislativa 
João Carlos, assim como os Vereadores Josue PereiraDida Vieira e Valmir Nobre
, estaremos com vocês nesta campanha. PRECISAMOS MUDAR ESTA SITUAÇÃO COM URGÊNCIA".

Parabéns vereadora! E não tem que esperar muito não. Isso era pra ontem. Denúncia ao MP e ações judiciais pra cima deles. 

Comentários no Facebook:
Sergio Murad A vereadora deveria fiscalizar a cobrança antecipada de Rs1800 ao turista no estacionamento de rua do centro feito por uma empresa tercerizada .A empresa não espera o tempo de tolerância ,o funcionário coloca a cobrança no para-brisa e desaparece;conclusão o turista fica as vezes 1hora o que deveria ser Rs3 passa a ser Rs18 pois se o turista não passar pelo constrangimento de ir procurar o funcionário da empresa e for embora ou não pagar pela Internet wuando voltar ao centro provavelmente ter a o carro rebocado e quando encontra o funcionário este tenta convensero turista a pagar Rs18 e ficar com o crédito.ISSO É VERGONHOSO.É UM ASSALTO .Essa cobrança que várias vezes foi suspensa pela Justiça continua tratando o turista dessa maneira.Vereadora assim como a Sra fez essa cobrança pela coleta de luxo ,faça o mesmo sobre esta cobrança no mínimo duvidosa no ponto de vista jurídico.Estão espantando o Turista do Centro de Búzios.ALÔ ALÔ ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E DOS HOTÉIS ,DONOS DE RESTAURANTE.ALÔ ALÔ COMERCIANTES BOTEM UM ÓCULOS PARA ENXERGAR O QUE ESTÃO FAZENDO COM O TURISTA QUE É A MAIOR FONTE DE WNDA DA CIDADE.ALÔ ALÔ PROF LUIZ ,VC QUE É UM DEFENSOR DE BÚZIOS .ISSO NÃO PODE CONTINUAR.

Só o impeachment salva o Rio: Pezão em Bangu

Manifestação MUSPE 1/2/2017


Delações de Cabral e Cavendish podem alcançar prefeitos do PMDB

Cabral preso, foto polícia

É o que diz Garotinho em seu blog. 

No post "O caminho para encontrar mais dinheiro de Cabral" publicado no dia 29 último, Garotinho, usando a metáfora do procurador da República que a riqueza desviada por Cabral é um “oceano” ainda pouco conhecido, diz que "aquilo que foi descoberto até agora é apenas uma gota d’água deste “oceano”, onde o ex-governador “navegou com sua caravela e a de outros piratas” que saquearam os cofres do Estado do Rio de Janeiro".

Entre esses “outros piratas” garotinho relaciona:
-o grupo próximo a Cabral já identificado e uma parte presa,
-deputados estaduais e federais,
-empresários de vários setores, e não apenas empreiteiros,
-escritórios de advocacia,
-pessoas influentes de outros poderes,
-marqueteiros
-agências de publicidade,
-uma gama de espertos, ladrões de pequeno porte, que ao longo dos últimos 10 anos roubaram algo em torno de R$ 8 bilhões. 
e prefeituras do PMDB. 

Para ele o que veio à tona até agora é fichinha. 

Mas relata que "esta semana, sem alarde, a força-tarefa da Lava Jato no Rio ouviu o depoimento de Arthur César de Meneses Soares Filho, o Rei Arthur, de longe o homem que com suas empresas irrigou com mais dinheiro o esquema de corrupção comandado por Cabral e Picciani". 

"Ainda não se sabe o teor do seu depoimento, mas para alguém que nos últimos 10 anos, entre as 
empresas do grupo Facility (com atuação em Búzios), que mudou de nome para Prol, recebeu dos cofres públicos mais de R$ 3 bilhões, certamente, se teve medo de ser preso, Arthur deve ter revelado mistérios com cifras que vão muito além dos US$ 100 milhões descobertos até agora". 

Não será difícil mapear a quadrilha de Cabral, mas será trabalhoso. 

Garotinho acredita que nomes de Prefeitos do PMDB possam aparecer quando Cabral delatar ou for homologada a delação premiada de Fernando Cavendish, o dono da Delta (a empresa construiu o hospital de Búzios).

Caso faça delação, Cabral pode delatar "para cima e para baixo", "afinal ele navegou por mares nunca dantes navegados, protegido pelo manto da impunidade. Não queria ser apenas o “descobridor” do Brasil, queria ser o dono com direito a acompanhantes. Seus sócios maiores ou menores estão vivos, livres, alguns operando a pleno vapor em prefeituras, na ALERJ, na Câmara dos Deputados, no governo federal, no governo estadual e também dentro de instituições que se dizem representativas de segmentos da sociedade, mas que fecharam os olhos e se lambuzaram na farra do dinheiro público promovida por Sérgio Cabral e sua quadrilha". 

Nomes de prefeitos do PMDB podem aparecer na delação de Cavendish porque ele era "disparado o maior parceiro de Cabral e Picciani há anosinclusive em negócios com várias prefeituras do PMDB". 

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

"Ciclovia é palavrão para o administrador de Búzios"

Ciclovia, foto do site fiducialimobiliária

Estou convencido que nem Mirinho nem Toninho (eu acrescento Dr. André) tiveram bicicletas quando meninos. O pedestre e o ciclista são dois elementos odiados pela Prefeitura … Ciclovia é palavrão para o administrador de Búzios” (Alfredo Rainho, Jornal Primeira Hora, 18/10/2006)

Era só o que nos faltava: cracolândia em Búzios

Jovens utilizando crack, cocaína e fumando maconha livremente. A polícia agiu para desmontar o acampamento, foto site fiquebeminformado.

Desgoverno é uma desgraça. Quando uma cracolândia se instala, leva-se muito tempo pra conseguir acabar com ela. Vide exemplos de São Paulo e Rio de Janeiro. Todo mundo sabe que repressão apenas não resolve. É preciso muito mais que isso. E, infelizmente, sabemos que nosso desgoverno municipal não está preparado pra resolver problemas básicos da cidade, imaginem esse "problemão", para o qual seriam necessárias, além da repressão, políticas públicas integradas de várias secretarias. É gente, estamos indo pro fundo do poço.   

Deu na Folha dos Lagos: 
Polícia reprime 'cracolândia' instalada próximo à Orla Bardot 
"Na noite deste sábado (28), policiais militares acompanhados de homens da Guarda Municipal e da secretaria de Postura de Búzios, desmontaram um acampamento montado irregularmente nas imediações da Orla Bardot, um dos principais pontos turísticos da cidade.
Além de acabar com a ocupação irregular na areia da praia, a operação conjunta teve o objetivo de averiguar denúncias de moradores e comerciantes de que as pessoas acampadas estavam usando drogas e fazendo do local uma espécie de 'cracolândia'.
A ação se estendeu por outros pontos da Orla Bardot e durou toda a madrugada deste domingo (29)".



Deu no site fiquebeminformado:
Em resposta a solicitação dos moradores, Polícia Militar e Prefeitura realizam ação perto da Rua das Pedras.

"No sábado (28)  foi publicado uma matéria falando sobre a presença de dependentes químicos usando entorpecentes livremente no canto da Praia da Armação, próximo da Rua das Pedras, em Búzios . Na reclamação, trabalhadores das lojas e restaurantes, em conjunto com os moradores, apontavam a presença de um acampamento onde o local foi apelidado de 'Cracolândia'. O comando do 25º BPM indicou o Tenente Diogo para assumir a Companhia de Búzios e lhe apresentou o problema. De imediato, junto com a Guarda Municipal e a Fiscalização de Posturas, intercederam, retirando do local as pessoas que estavam acampados de maneira irregular na praia, utilizando o local como moradia, sem qualquer higiene e condições de saúde .  O novo comandante da Companhia é destaque no 25º BPM e por isso vai atuar também no GAT para garantir a sensação de segurança dos moradores . Além do canto da praia, atrás da Rua das Pedras, a operação agiu em toda extensão da Orla Bardot, reprimindo o uso de entorpecente. "Vamos trabalhar muito para aumentar a qualidade de vida dos cidadãos e turistas da cidade". Afirmou o tenente ( foto) que ontem mesmo já rodou durante toda a madrugada no combate ao crime".


Comentários no Facebook:

Thomas Sastre Esto aqui e café pequeno o que tem em Búzios a muitos anos e a " " VIGARICELANDIA " generalizada ...

Maria Elena Olivares sec de assistencia social acorde por favor

Rosana Alves Vieira Então os governantes não estão pensando na gente nem neles, porque também tem filhos e família. Acordo Búzios esse caminho é praticamente sem volta...